O Primeiro-Ministro português anunciou investimentos no valor de 230 milhões de euros em startups. António Costa falava na sessão de abertura da Venture  Summit 2018, que decorreu esta manhã no Convento do Beato, em Lisboa.

António Costa adiantou que vai anunciar, na próxima quarta-feira, dia 7, o lançamento deste fundo de investimento, por parte do Estado português, no valor de 230 milhões de euros, em conjunto com o Fundo Europeu de Investimento Estratégico (conhecido como “Plano Juncker”), que adicionará 100 milhões de euros e que servirá para permitir o nascimento e desenvolvimento de novas startups em território nacional.

Neste sentido, lembrou a existência de vistos especiais para empreendedores e investidores, bem como a criação de um site conjunto com o governo indiano que permita uma estreita comunicação e colaboração com as startups daquele país. Adiantou ainda que, desde a criação destes vistos especiais, em março de 2018, mais de 400 pessoas já requereram este visto para se instalar em Portugal.Recorde-se que os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa tinham planeado uma greve para os dias deste evento internacional de tecnologia digital (a Web Summit) que, até 8 de novembro, reúne em Lisboa os maiores especialistas de tecnologias digitais. A Fectrans (Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações), reunida durante a segunda-feira, dia 5, decidiu suspender a greve parcial marcada para os dias 6 e 8.

Os sindicatos marcaram estas paralisações por discordar da proposta da administração da empresa Metro de Lisboa, que prevê aumentos salariais até 2020 de 24,50 euros.

Esta cimeira da tecnologia vai acolher 70 mil visitantes na edição 2018, estando os ingressos para o evento esgotados há várias semanas

About The Author

Related Posts

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.