«2 DE MAIO AZUL» PROMOVE ESPIRITO COMUNITÁRIO

0

O «2 de Maio Azul», um espaço disponível para atividades comunitárias, semelhante ao espaço «Casalinho Verde», foi ontem apresentado pela Junta de Freguesia da Ajuda, no Bairro 2 de Maio.

No bairro 2 de Maio, na Ajuda, Jorge Manuel Marques, presidente da Junta de Freguesia, está empenhado em desenvolver o espirito comunitário deste bairro que, nasceu da vontade e dos valores comunitário dos seu moradores. E, foi por isso que, ontem, inaugurou o novo espaço comunitário polivalente do Bairro 2 de Maio, intitulado «2 de Maio Azul», que pretende, segundo o autarca, ser «um projeto de aproximação à população» e de revitalização do espírito comunitário que existia no bairro, cuja história começou em 1974, no dia 2 de maio, e pode começar a ser contada com um poema do brasileiro Vinicius de Moraes: «Era uma casa muito engraçada/Não tinha teto, não tinha nada».

De facto, foi nesse estado que, a 2 de maio de 1974, centenas de pessoas ocuparam os prédios que estavam a ser construídos na Ajuda pela Fundação Salazar, entretanto extinta, trocando a barraca onde moravam, por uma casa no bairro, que «nem sequer tinha paredes, só o esqueleto, a estrutura».

Nos nossos dias, o autarca Jorge Marques, está a desenvolver uma política de aproximação com as populações e, de certa forma, combater os estigmas que, ao longo dos anos, foram lançados sobre este bairro. Assim, tem desenvolvido várias soluções, colocando nomeadamente um autocarro da junta ao serviço da população, o que originou «um encurtar de distâncias» no diálogo entre moradores e Junta de Freguesia.

Segundo Jorge Manuel Marques, «muita gente se desloca à Junta para resolver os seus problemas, mas existem sempre aqueles que, por motivos vários, não se deslocam e, consequentemente, não conseguem resolver os seus problemas. Dessa forma e utilizando a máxima «se a montanha não se desloca a Maomé, Maomé vai à montanha», a Junta de freguesia decidiu criar este tipo de espaços, em instalações próprias, que facilitam a politica de proximidade que se deseja.

Este é o segundo espaço polivalente criado pela Junta de Freguesia: «um no Casalinho da Ajuda e, agora este, no bairro 2 de maio», que «nos permitem a realização de várias atividades com as associações que estão ligadas a nós», adianta o autarca, para anunciar de seguida que no «2 de Maio Azul» vai existir ginástica, dança, costura e diferentes ações sociais.





Para este bairro, que tem cerca de 2000 habitantes, o presidente da Junta de Freguesia revelou, por outro lado, que o campo de jogo vai ser reabilitado, estando previsto a pintura do pavimento por um artista plástico, com motivos alusivos à vida do bairro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here