Após ter registado um crescimento das receitas em 1,1% no segundo trimestre, chegando aos 522 milhões de euros, o que representa um aumento de 13 milhões de euro, a Altice Portugal anunciou o rutura do contrato com a IPTelecom por causa de enterramento de cabos.

Alexandre Fonseca – Presidente executivo da Altice | Foto arquivo

«Este desempenho é resultado da excelente trajetória da companhia, iniciada no 4º trimestre de 2017 e a evolução das receitas é o reflexo da recuperação e transformação conduzida pela estratégia da Altice Portugal, que permite continuar a afirmar a sua liderança no mercado de telecomunicações em Portugal», refere, em comunicado, a empresa liderada por Alexandre Fonseca.

A empresa explica que o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) «apresenta uma tendência significativa de melhoria nos últimos seis trimestres». Tal deve-se a um crescimento das receitas, da estabilização da Margem Bruta e Comercial e o controlo dos custos operacionais, «beneficiando igualmente do efeito do programa de saídas realizado no 1º trimestre de 2019».

Quanto ao desempenho operacional, a Altice revela que houve um crescimento de 1,1 mil clientes únicos no segundo trimestre de 2019. Além disso, foi registada uma «menor taxa de desligamentos dos últimos três trimestres e instalações com um nível e evolução sustentado».

«As receitas do segmento consumo apresentaram um crescimento de 0,7% face ao trimestre anterior. Este é o resultado de uma tendência de recuperação sustentada, baseada num crescimento contínuo na base de clientes, alavancada nas novas entradas, mas também no excelente controlo dos desligamentos, o que permitiu um crescimento contínuo nos últimos sete trimestres, traduzindo-se em mais 21,5 mil clientes nos últimos 12 meses com o aumento substancial dos clientes ligados em fibra ótica (55%)», descreve a empresa.

Também foi registado um crescimento no segmento de serviços empresariais. Este registou uma subida de 3,6% no segundo trimestre de 2019, conseguindo assim um crescimento pelo quarto trimestre consecutivo.

Em comunicado, a Altice destaca alguns dos principais eventos que realizou no segundo trimestre deste ano. Um deles é o facto de ter atingido um «marco histórico» ao fazer com que um milhão de clientes tenham fibra nas suas casas e nos seus estabelecimentos. «Este marco é alcançado no âmbito do objetivo estratégico de, até 2020, alcançar 5,3 milhões de casas, um investimento que colocará Portugal na vanguarda da Europa em termos de redes de nova geração. Este número é também um indicador da confiança por parte dos consumidores portugueses», descreve a operadora.

Altice Portugal rompe contrato com IPTelecom por causa de enterramento de cabos em condutas

«Olhares de Lisboa» recebeu um comunicado da Altice Portugal em que explica as razões que levaram ao rompimento do contrato com a IPTelecom, por causa do enterramento de cabos em condutas. Dada a importância deste tema, decidimos publicar na integra o comunicado enviado pela Altice Portugal.

“A Altice Portugal em muito estranha e muito lamenta a posição assumida pelo Governo, atendendo ao facto que se houve alguma instituição a desrespeitar reiteradamente as orientações do próprio Governo durante um ano e meio foi a IPTelecom, podendo este facto ser atestado pelo Ministro e Secretários de Estado que durante este período estiveram em funções.

Importa ainda referir que quer a IPTelecom, quer o Ministério das Infraestruturas foram informados pela Altice Portugal sobre a decisão de denúncia do contrato nos dias 5 e 8 de agosto, e ainda hoje, por escrito, à primeira hora da manhã numa comunicação remetida à IPTelecom com conhecimento ao Ministério da Tutela.

Por outro lado, relembramos que ao longo deste mesmo um ano e meio foram sempre, pela Altice Portugal e nunca pela IPTelecom, solicitadas e realizadas pelo menos seis audiências com membros do Ministério da Tutela sobre a obstaculização contínua do processo de enterramento de traçado aéreo em condutas sem que desses encontros tenha resultado qualquer consequência positiva.

Mais, a Altice Portugal esclarece que o Governo tem conhecimento da decisão de rescisão do contrato com a IPTelecom desde dia 5 de agosto, dia em que o Presidente Executivo da Empresa reuniu e informou o Secretário de Estado das Comunicações dessa intenção, dando-lhe conta, novamente, de todas as dificuldades levantadas e obstáculos criados pela IPT ao longo de um ano e meio.

Esclarecemos que a reunião de dia 8 de agosto foi o momento que a Altice Portugal encontrou para poder, junto do Secretário de Estado das Infraestruturas, denunciar o comportamento da IPTelecom, tanto no processo de enterramento de cabos em condutas, como na gravosa atuação de obstaculização às operações de reparação de avarias no território nacional por parte desta Empresa, muitas delas urgentes por se tratarem de repor serviços prioritário, como disso são exemplo instalações de forças de segurança ou unidades de saúde.

Denuncia contrato com conhecimento do Governo

Por fim, reiteramos que os senhores Secretários de Estado tiveram conhecimento, desde o início das suas funções, dos vários obstáculos que a IPTelecom criou no processo de enterramento de cabos, bem como, nos dias 5 e 8 de agosto, tiveram conhecimento da decisão da Altice Portugal em denunciar o respetivo contrato.

Ainda sobre o que veio a público de uma possível adenda, discutida 20 meses depois da assinatura do Protocolo inicial, que alegadamente resolveria todo o processo, lamentamos ter que tornar público que desse tipo de documentos existiram vários que foram devidamente assinados durante ano e meio que nunca solucionaram o que quer que fosse, tendo a IPTelecom mantido uma postura de inviabilizar o processo de enterramento de cabos, através da criação mais de uma dezena de pontos de discussão cuja esmagadora maioria subsistem em aberto à data de hoje . É também por este facto que a Altice Portugal não admite perpetuar qualquer tipo de relação de parceria com quem não cumpriu minimamente as suas obrigações, sendo estas de interesse público.

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.