AMADORA INCENTIVA ALUNOS A PROSSEGUIR OS ESTUDOS

Os constrangimentos económicos das famílias que tem impedido o acesso e continuidade no sistema de ensino, nos níveis médio e superior levou a Câmara da Amadora a tomar um conjunto de medidas de apoio a alunos do município a prosseguir estudos. Entre elas, está a atribuição de bolsas de estudo.

A Câmara Municipal da Amadora, no âmbito do Programa de Atribuição de Bolsas de Estudo e de Mérito – RPABEM, aprovou a Lista Definitiva dos candidatos à atribuição de Bolsas de Estudo e de Mérito, relativas ao ano letivo 2021/2022.

Segundo explica a autarquia, nos últimos anos, as mudanças sociais e económicas constituem para muitos estudantes um sério constrangimento ou mesmo um impedimento no acesso e continuidade no sistema de ensino, nos níveis médio e superior. De forma a combater tal constrangimento, o Município da Amadora tem priorizado o investimento em políticas sociais de promoção da educação, do ensino e da formação profissional dos jovens do concelho, do qual o RPABEM é um claro exemplo.

Através desta medida, serão atribuídas bolsas de estudo aos alunos que pretendem prosseguir a sua formação académica e ingressar no ensino superior, contribuindo para minimizar as situações de carência económica dos respetivos agregados familiares. Por outro lado, as bolsas de mérito premiarão e apoiarão a formação dos jovens munícipes que se destaquem pelo seu elevado potencial académico no prosseguimento de estudos no ensino superior.

Em ambas as situações, é atribuída uma prestação pecuniária mensal no valor igual a 35% do valor do Indexante dos Apoios Sociais (IAS) em vigor no início de cada ano letivo, neste caso, 153,58€ mensais.





Quer comentar a notícia que leu?