BIBLIOTECA NACIONAL TEM DISPOSITIVO PARA FACILITAR LEITURA A DISLÉXICOS

0

A Biblioteca Nacional de Portugal, em Lisboa, está equipada com um dispositivo tecnológico israelita, baseado em inteligência artificial, para ajudar as pessoas disléxicas e com dificuldades de leitura.

Em Portugal, a Biblioteca Nacional, sediada em Entrecampos, Lisboa, dispõem de um dispositivo para ajudar as pessoas com dificuldades de visão ou de leitura. Este equipamento, fornecido pela A OrCam Technologies, empresa israelita especialista em tecnologia baseada em inteligência artificial para pessoas que são cegas, permite uma nova abordagem aos assistentes de leitura, já que é o primeiro dispositivo feito para ser segurado, que captura páginas de texto e as lê em voz alta ao utilizador.

O aparelho está desenhado para pessoas com dificuldades de leitura derivadas de fadiga, dislexia, afasia ou outras condições, bem como para pessoas que leem grandes quantidades de texto.

«Ficamos extremamente satisfeitos por podermos auxiliar pessoas com algum tipo de dificuldade, no seu trabalho ou nos estudos, disponibilizando o nosso aparelho num local onde podemos criar uma experiência de leitura perfeita para todos», diz Fabio Rodriguez, Country Manager de Portugal e Espanha.

«Em Portugal, estima-se que aproximadamente 6% da população seja disléxica e o OrCam Read, pretende ajudar a colmatar este desafio, podendo mesmo ser utilizado como uma ferramenta de uso escolar ou, neste caso, institucional», salienta o responsável.

Nesta primeira fase de lançamento, o aparelho estará disponível na Biblioteca Nacional de Portugal para utilização exclusiva na Sala de Leitura da Área de Leitura para Deficientes Visuais (ALDV) por utilizadores registados e com o apoio dos técnicos da ALDV.





O OrCam Read já está disponível em Portugal e em português, bem como em múltiplos países e tem a capacidade de ler todas as principais línguas europeias. Utilizando tecnologia baseada em inteligência artificial, o leitor portátil lê e captura em tempo real, texto de qualquer superfície ou ecrã digital. Ao apontar para o texto são ativados dois lasers-guia que fornecem ao utilizador duas opções de leitura: ler tudo ou escolher onde começar a ler. A solução wireless dá ao utilizador feedback áudio instantâneo dos jornais, livros, ecrãs de smartphone, etiquetas, entre outros.

O funcionamento deste dispositivo é totalmente processado offline, sem necessitar de conexão à internet, o que assegura totalmente a privacidade de dados do utilizador. Adicionalmente, para garantir a comodidade dos leitores, poderá ser emparelhado com auriculares via Bluetooth, para que só o utilizador oiça o texto selecionado.

A OrCam Technologies

A OrCam foi fundada em 2010 pelos empreendedores israelitas Prof. Amnon Shashua (CTO) e por Ziv Aviram (CEO), que também são cofundadores da Mobileye, líder no desenvolvimento de um sistema inovador de prevenção de colisões e para direção autónoma.

O seu primeiro produto, OrCam MyEye é um dispositivo sem fios, leve e do tamanho de um dedo, que lê texto impresso e digital de qualquer superfície em voz alta – em tempo real. Esta capacidade torna acessível a leitura de texto em jornais, livros, computadores, smartphones e etiquetas de produtos de supermercado. Algumas características adicionais da solução de assistência passam pelo reconhecimento facial e identificação de cores, notas (dinheiro) e códigos de barras.

Escreva aqui o seu comentário...