«Troca-te! na agrofloresta» é um evento de trocas de bens que pretende sensibilizar a população do bairro Bela Flor, em Campolide, para questões de sustentabilidade ambiental. Sábado, 27 de julho, a partir das 15 horas, vai realizar-se uma mega «feira» de trocas de bens no bairro Bela Flor, em Lisboa. Assim, nesse evento pode trocar roupa e acessórios de moda por livros, CDs/DVDs, ou por  artigos para casa, brinquedos, plantas e sementes.

Iniciativa social, o Troca-te! ® surgiu em 2011 e, através de eventos de trocas, promove a ecologia, a economia da partilha e um estilo de vida mais sustentável.

O projeto Bela Flor Respira em parceria com a iniciativa social Troca-te! organizam este evento onde se pretende sensibilizar a população do bairro e não só para questões de sustentabilidade ambiental ao mesmo tempo que, através de diversas atividades, fortalece as redes intra-comunitárias do mesmo.

Em comunicado a organização afirma: «Numa altura em que as questões ambientais assumem uma maior importância e que o contexto de produção nacional e internacional tem de pesar o seu incontornável impacto ambiental é necessário mostrar formas alternativas e divertidas de consumir e produzir».

Por isso, os eventos do Troca-te! são uma forma de alertar para um consumo consciente e sustentável, reforçar o sentido de comunidade, promovendo simultaneamente a sensibilização para questões que marcam o nosso tempo como a crise ambiental e a poluição gerada pelo consumo exagerado.

«Esta iniciativa é assim uma forma de consciencialização sobre o meio ambiente e a criação de ligação ao próximo de um modo descontraído. Já fizemos mais de 33 eventos, com cerca de 200 pessoas por evento, onde foram trocados no total mais de 7000 artigos e doados 6000», refere a organização.

O Projeto Bela Flor Respira da Circular Economy Portugal (CEP) é financiado pelo programa BIP/ZIP da Câmara Municipal de Lisboa e tem como objetivo promover a transição agroecológica da comunidade do Bairro Bela Flor, abrindo-a também à cidade. Envolvendo a comunidade no aproveitamento de um terreno expectante num dos bairros da freguesia, o programa pretende implementar um projeto agroflorestal pioneiro em meio urbano. Esta atividade tem como parceiros a BVLL – Cooperativa para o Desenvolvimento;

Sustentável C.R.L. (Biovilla); Associação Viver Campolide; Junta de Freguesia de Campolide; Santana Futebol Clube; Reflorestar Portugal; Bela Flor – Cooperativa de Habitação e Construção CRL.

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.