CASCAIS VAI DEBATER CIDADES AMIGAS DA CRIANÇA

O Seminário Internacional Child in the City 2022 vai realizar-se m Cascais, de 19 a 20 de maio. Organizado pela Fundação Cidade das Crianças, em conjunto com a Câmara Municipal de Cascais, o evento vai centrar-se nas melhores práticas nas cidades amigas da criança.

Como fazer com que os direitos da criança passem a ser uma prioridade no planeamento das políticas locais é o mote para o Seminário Internacional Child in the City 2022 que reunirá, em Cascais, académicos, investigadores e profissionais de todo o mundo, para partilharem projetos e investigações sobre o envolvimento das crianças na formulação de políticas públicas e o impacto da pandemia nas suas vidas diárias.

Organizado pela Fundação Cidade das Crianças, em conjunto com a autarquia de Cascais, o evento centra-se no intercâmbio internacional das mais recentes pesquisas, inovações e melhores práticas nas cidades amigas da criança.

O seminário, a realizar-se nos dias 19 e 20 de maio, organizar-se-á segundo os seguintes subtemas: A participação de crianças e jovens como instrumento para instituir os direitos das crianças; Direitos das crianças nas áreas de educação e cuidados infantis (em tempos de pandemia); A implementação dos direitos das crianças no planeamento, desenvolvimento e arquitetura urbana; A pandemia e a negligência dos direitos das crianças, particularmente em ambientes sociais mais desfavorecidos; Reflexões críticas sobre o conteúdo da Convenção dos Direitos da Criança das Nações Unidas.

Os principais oradores do evento são: Regula Flisch, chefe do Centro de Educação Executiva da Universidade de AS da Suíça Oriental; Manuel Sarmento, Professor Associado de Agregação da Universidade do Minho; Carlos Neto, Professor da Faculdade de Cinética Humana da Universidade de Lisboa; Daniella Ben-Attar, representante de Israel da Fundação Bernard van Leer.

Mais informações em https://www.childinthecity.org/2021-cascais/ .





Para inscrição: https://www.childinthecity.org/2021-cascais/registration/.

Quer comentar a notícia que leu?