DA CRIATIVIDADE NASCE A ARTE EM ALMADA

A Câmara Municipal de Almada promove mais uma edição do concurso e exposição de Arte e Criatividade. Esta iniciativa anual pretende contribuir para a valorização e promoção da cultura, no domínio das Artes Plásticas, junto de pessoas com necessidades especiais e/ou portadoras de deficiências.

São 20 os trabalhos selecionados no âmbito do concurso Arte e Criatividade, que procura promover e evidenciar as potencialidades artísticas e criativas das pessoas com deficiência, com necessidades especiais ou com problemas de saúde mental. Até 31 de dezembro, pode conhecê-los na exposição patente no átrio do Fórum Municipal Romeu Correia, em Almada.

A arte não tem limites e é para todos. Em mais uma edição – a 28.ª –, dedicada ao tema Almada de braços abertos para a tranquilidade do rio e a imensidão do oceano –, o concurso Arte e Criatividade, dinamizado pela Câmara Municipal de Almada, revela o potencial artístico e criativo de pessoas com deficiência, com necessidades especiais ou com problemas de saúde mental.

«Esta iniciativa dá a possibilidade a estas pessoas de se mostrarem através desta linguagem, para alguns a única que têm de se exprimir e de comunicar com o mundo», realça Luísa Becho, presidente da AlmaSã – Centro de Educação Especial de Almada, uma das instituições distinguidas com o trabalho coletivo Almada de braços abertos para o rio e para o mar.

Com o concurso Arte e Criatividade, Almada como Território de Muitos pretende reforçar a autoestima dos participantes, através do apreço e admiração da comunidade, e sensibilizar para a inclusão.

Além do prémio atribuído a cada um dos finalistas (13 trabalhos individuais e 7 trabalhos coletivos), no valor de 200 euros, um dos artistas distinguidos terá a oportunidade de apresentar, em 2022, uma exposição individual num espaço cultural do concelho.




Trabalhos individuais:

Andreia Marques (Drika) – O abraço do Cristo Rei a Almada e ao Tejo

Agrupamento de Escolas Elias Garcia

Pedro Miguel Rodrigues – Chove das nuvens

Escola Artística António Arroio

Isabel Silva – Almada de braços abertos para a tranquilidade do rio e para a imensidão do oceano

Fundação AFID Diferença

Marcelo Durão – Almada de braços abertos para a tranquilidade do rio e para a imensidão do oceano

Fundação AFID Diferença

Marco Correia – Almada de braços abertos para a tranquilidade do rio e para a imensidão do oceano

Fundação AFID Diferença

Bruno Pinheiro – Do cimo do Tejo

CERCISA

Carlos Manuel Filipe – Dançando Com a Arte

Diana Costa (DC) – Peixes do oceanário

Instituto S. João de Deus – Cuidando

Jorge Brito – Tejo sempre novo

CERCISA

José Joaquim Santos – Fauna Marítima

Centro de Educação Especial Rainha Dona Leonor

Lander Nazaré – O amanhecer na Ponte

CERCISA

Maria João Silva – Passeio no Tejo

PRISMA – Hospital Garcia de Orta, EPE

Pedro Nunes – Tejo

CERCISA

Trabalhos coletivos:

AlmaSã – Centro de Educação Especial de Almada – Almada de braços abertos para o rio e para o mar

APPACDM – Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental – Casas de Alapraia – Entre a terra e o mar, o céu é o limite

CEDEMA – Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Mentais – A pureza no fundo do rio e mar, vigiada pelas gaivotas no ar, mostram a beleza em Almada, terra por nós tão amada

CEDEMA – Equipamento Social Telhadinho – Uma ponte sobre o rio de cor

GIRA – Almada: Água, história e futuro

ECOA – Espiral Criativa Oficina de Almada – Manobra do invisível

Centro Social da Trafaria – Santa Casa da Misericórdia de Almada – Pôr do sol na praia de S. João.

Quer comentar a notícia que leu?