MAIS AUTOCARROS NAS RUAS DE LISBOA

0

As avenidas, ruas e praças de Lisboa vão ter, a partir de segunda-feira, dia 18, mais autocarros e eléctricos a circularem, com horário de verão

Perante a redução das medidas de confinamento e a retoma parcial da actividade económica, a Carris vai voltar a reforçar o serviço a partir de segunda-feira, mantendo as condições de segurança difundidas pela Direcção-Geral de Saúde.

Todas as carreiras passam, a partir desta segunda-feira, a funcionar nos dias úteis com horário de Verão, com as seguintes excepções: 22B, 31B, 32B, 43B, 44B, 58B, 70B, 73B, 76B, 79B, Ascensor do Lavra e Elevador de Sta. Justa – mantêm-se suspensos; 26B, 29B, 34B, 37B, 40B, 41B, 12E e 18E funcionam com o horário de sábado; 15E funciona com o horário de sábado, reforçado até às 10 horas e com redução no serviço nocturno.

Vai manter-se suspenso o serviço de reforço desta carreira com autocarros articulados; 28E funciona com o horário de dia útil de novembro a fevereiro. Vai manter-se suspenso o reforço com autocarros mini; Ascensor da Bica funciona com o horário de dia útil de novembro a fevereiro;

Ascensor da Glória funciona com o horário de dia útil de novembro a fevereiro, mas termina às 21 horas; 706, 711, 713, 736, 750, 753, 754, 758, 764, 767, 781, 796 funcionam com o horário de dia útil de férias escolares.

A Carris vai ainda fazer um reforço da oferta nos dias úteis nas seguintes carreiras: 24E e 37B reposto o funcionamento; 717 sendo as viagens de reforço nas horas de ponta prolongadas das Galinheiras a Fetais; 728 e 736 reforçadas nas manhãs; 753 em todo o período de funcionamento.





E aos fins-de-semana e feriados: Serviço das carreiras 716, 720, 732 e 797 mantém-se suspenso;

24E e 37B reposto o funcionamento.

A empresa vai continuar a monitorizar de perto a procura, para ir respondendo às necessidades que forem identificadas nas suas carreiras. Os horários podem ser consultados em www.carris.pt.

A CARRIS recorda que todos os utilizadores têm de usar máscara para circular nos transportes públicos e que a validação do título de transporte é obrigatória. Na aquisição de tarifa de bordo, pede-se a atenção de que os pagamentos sejam feitos com valor certo.

Por seu turno, a transportadora promete que vai «continuar com especial atenção à limpeza e higienização de todos os equipamentos em circulação»

Escreva aqui o seu comentário...