«Santo António de Lisboa e do mundo” é o tema das Marchas para o próximo ano. O anúncio foi feito pelo Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, no decorrer da cerimónia de entrega dos troféus aos vencedores deste ano.


Segundo Fernando Medina, este tema tem como objetivo «mostrar ao mundo que o Santo António de Lisboa era um homem muito avançado no seu tempo».

Fernando Medina, após agradecer a todos os que «fazem das marchas algo fantástico que contribui para a valorização da cidade»,  desafiou marchantes e organizadores a fazerem das marchas de 2019 ainda melhores que as de 2018.No Salão Nobre dos Paços do Concelho foram entregues os prémios, desenhados por Nuno Saraiva, aos diversos intervenientes num dos acontecimentos mais emblemáticos da vida da capital, e que, no próximo ano comemora 87 anos de existência. Uma tradição que, segundo Joana Gomes Cardoso, Presidente do Conselho de Administração da EGEAC, “está viva e recomenda-se.”

Troféus Marchas Populares de Lisboa 2018 Homenagem a Vasco Santana e Beatriz Costa | Design – Nuno Saraiva | Escultura – Mestre Pascal | Pintura – Fernanda Maria | Produção – Madalena Martins | Suportes e Caixas de Madeira – Reclusos nas cadeias de Paços de Ferreira e Custóias | Organização das Marchas de Lisboa | CML / EGEAC

Os Prémios de 2018

Alfama foi, pelo terceiro ano consecutivo a grande vencedora e partilhou a vitória nas categorias de melhor figurino com o Bairro Alto e Carnide, e a de melhor letra com Madragoa.

Alcântara venceu na categoria de cenografia e as marchas do Bairro Alto e da Madragoa venceram na categoria de desfile da avenida.

A 86.ª edição das Marchas Populares de Lisboa contou com a participação de 23 marchas a concurso.

As Marchas Populares de Lisboa têm como alto o desfile na Avenida da Liberdade a 12 de junho.

 

 

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.