A primeira edição do Festival de Francesinhas, em Oeiras, vai realizar-se, entre 11 e 20 de outubro, nos Jardins do Palácio do Marquês de Pombal, junto à Adega, que, inclusivamente, dá nome a uma Francesinha, criada de propósito para o evento.

Com entrada livre, o Festival vai ter francesinhas para todos os gostos e uma surpresa agradável: a Francesinha do Marquês, cujo molho é feito com o premiado vinho de Carcavelos “Villa Oeiras”, produzido pelo município.

Vão ser 10 dias com Francesinhas para todos os gostos: com lombo, com bife, com frango, no forno, de comer à mão e até mesmo para quem não come carne, com a mais famosa Francesinha Vegan do país.

A grande surpresa desta edição será, contudo, a apresentação da Francesinha do Marquês. Inspirada nos icónicos anos de vida do Marquês de Pombal, a Francesinha do Marquês foi desenvolvida por conceituados criadores de francesinha, com uma forte e saborosa variação no molho, onde o vinho Villa Oeiras se destaca. Mas a Francesinha do Marquês tem ainda outros segredos, que serão desvendados a todos os que visitarem o festival.

A entrada no Festival é livre e as portas estarão abertas durante a semana das 12 às 15 horas, para almoço, e das 18 às 22 horas, para jantar. Ao fim de semana, pode saborear esta deliciosa iguaria portuguesa entre as 12 e as 23 horas, enquanto aprecia a beleza dos Jardins e Palácio do Marquês de Pombal.

Há comida para toda a família, menus infantis para os mais novos, com preços entre os 6€ e os 12€.

 

 

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.