MEDINA INAUGURA CENTRO DE VACINAÇÃO E ANUNCIA QUE LISBOA VAI VACINAR 70 MIL PESSOAS

0

O presidente da Câmara de Lisboa inaugurou, hoje, o sétimo centro de vacinação contra a covid na cidade, com capacidade para vacinar 190 pessoas/dia. O centro, localizado no edifício dos Serviços Sociais da CML, nas Olaias, vai contribui para a vacinação de 70 mil pessoas na primeira fase.

No dia em que se inicia a vacinação contra a Covid 19 em mais um (o sétimo) centro criado especialmente para o efeito na cidade de Lisboa, o presidente da autarquia, Fernando Medina, deslocou-se aos Serviços Sociais da CML, onde funcionará esse centro para vacinar os utentes das unidades de saúde do Areeiro e Arroios.

Acompanhar de perto o processo de vacinação em que a Câmara de Lisboa está envolvida no terreno foi o principal objetivo da visita de Fernando Medina que fez questão de destacar o empenhamento da autarquia em criar centros de vacinação por várias zonas da cidade de Lisboa, em articulação com o Ministério da Saúde.

Segundo revelou, os centros vão localizar-se na Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica, Hospital Pulido Valente, na sede da Assembleia Municipal de Lisboa (Av. De Roma), Pavilhão Manuel Castelbranco (São Vicente), Pavilhão da Ajuda, Picadeiro e Altice Arena.

Para Fernando Medina, que se escusou a comentar a candidatura de Carlos Moedas à Câmara de Lisboa, o seu grande objetivo, nos próximos meses, é ter» a cidade de Lisboa toda vacinada, protegendo assim todos os lisboetas».

O autarca realçou o desafio que tem em mãos, sublinhando «acima de tudo há um foco de concretizar o plano de vacinação que é da maior importância para podermos virar a página relativamente à pandemia».




Fernando Medina considerou, por outro lado, que abertura do sétimo centro de vacinação contra a Covid-19 em Lisboa «é um passo de grande importância», destacando a articulação entre os vários profissionais intervenientes.

«Quero deixar aqui uma palavra de reconhecimento e de agradecimento a todos os profissionais: os enfermeiros, os médicos, elementos da Proteção Civil Municipal, bombeiros, todos os voluntários. Esta é uma operação conjunta ao serviço da população», salientou.

O autarca disse estar previsto que, no início, sejam vacinadas neste novo centro, localizado no edifício dos Serviços Sociais da CML, nas Olaias, cerca de 190 pessoas por dia, um ritmo que será depois adequado às necessidades de expansão do processo de vacinação.

Segundo Medina, até hoje foram vacinadas nas unidades existentes na cidade cerca de oito mil pessoas. Nesta primeira fase, a capital pretende vacinar 70 mil pessoas dos grupos prioritários.

Para facilitar o acesso dos mais idosos à vacinação, a Câmara está a disponibilizar um serviço de táxi gratuito, que funciona através de chamada telefónica.

Como solicitar o serviço de transporte em táxi

  • ligue o 218 172 021
  • identifique o nome do utente, a morada completa, número de telemóvel/telefone, e o centro de vacinação de destino
  • indique a hora de saída, tendo o tempo de deslocação e a hora da vacina
  • se necessitar de ajuda para entrar ou sair do veículo, indique por favor ao operador

Depois de ser vacinado, para pedir o serviço de regresso à sua casa deve voltar a contactar o número 218 172 021, e referir a informação identificada para o transporte de ida.

O pedido pode ser solicitado pelo utente, Centro de Vacinação ou pela Junta de Freguesia.

#ComércioNaLinhaDaFrente

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here