NOVO PORTAL MUNICIPAL DE OEIRAS CHEGA EM MAIO

0

A 3 de maio, dia em que Oeiras vai lançar o seu novo portal municipal, vai ser também colocado à disposição dos cidadãos uma nova plataforma online dedicada ao Urbanismo, que visa uma adaptação ágil e uma análise rápida dos pedidos das diversas operações urbanísticas.

O Município de Oeiras vai lançar, no próximo dia 3 de maio, o seu novo portal municipal, um serviço da cidadania que facilitará o acesso à informação pública e que é um dever das administrações e um direito dos munícipes, permitindo a aproximação do poder local dos cidadãos, num sinal de transparência do Executivo para com os seus munícipes e refletindo uma estratégia de inovação designada em Oeiras Valley.

Este portal insere-se no projeto de modernização e transformação digital do Município de Oeiras, apresentando um design alinhado com as mais recentes tendências e aposta em proporcionar uma melhor experiência de utilização.

«Com conteúdos reorganizados para responder às necessidades dos cidadãos, no novo portal pode encontrar intuitivamente o que procura, bem como realizar de forma eletrónica os serviços que necessita junto do Município», informa a autarquia, permitindo também o acesso através de qualquer dispositivo móvel.

Do ponto de vista da autarquia, «este será um ponto central de informação no território e possuirá uma nova secção de agenda de eventos para visualizar toda a atividade do Município» que pretende, acrescenta a edilidade, «priorizar a via digital, proporcionando maior comodidade no acesso aos serviços».

Deste modo, a interação vai a partir de agora ser possível, através do “Valley”, um ‘chatbot’ que estará permanentemente disponível para ajudar e dar respostas diretas a questões colocadas pelos munícipes, possibilitando um acesso mais eficaz aos serviços eletrónicos dos diferentes serviços municipais.




Os munícipes terão ainda uma área pessoal reservada, na qual poderão entrar a com o seu Cartão de Cidadão ou com a sua Chave Móvel Digital, a partir da qual poderão submeter e acompanhar o estado dos serviços em curso.

Plataforma online para o urbanismo

Por outro lado, no dia em que a Câmara de Oeiras lança o seu novo portal municipal, será também colocado à disposição dos cidadãos uma nova plataforma online dedicada ao Urbanismo, que visa uma adaptação ágil e uma análise rápida dos pedidos relacionados com as diversas operações urbanísticas, com o objetivo de aumentar a produtividade dos serviços e prestar um melhor atendimento aos cidadãos.

Esta nova plataforma terá uma área de atendimento online a partir da qual será possível a submissão de pedidos, ao mesmo tempo que poderá ser acompanhado o estado de evolução dos mesmos.

Sem necessidade de deslocação, os municípes poderão aceder a esta plataforma a qualquer hora, bastando para tal identificarem-se com o seu cartão de cidadão ou chave móvel digital e, a partir daí, executar um conjunto de operações, da mesma forma como é feito presencialmente pelos serviços municipais.

Para a Câmara de Oeiras, a plataforma de urbanismo on-line é uma componente essencial do novo Portal do Município de Oeiras e, por isso, uma forte aposta num novo paradigma de atendimento que se pretende criar.

Contudo, o lançamento do novo sistema de gestão urbanística implica a migração dos dados da plataforma atual para a nova aplicação, pelo que a autarquia apela aos munícipes que, entre os dias 21 de abril e 3 de maio, evitem interagir com os serviços da Direção Municipal de Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano, informando, ainda, que qualquer pedido de esclarecimento na área de Urbanismo deverá ser encaminhado para esclarecimentos.urbanismo@cm-oeiras.pt. E que a interrupção dos serviços – durante 8 dias úteis – não colocará em causa a dilação dos prazos em curso.

O envio de documentação para o endereço urbanismo.online@cm-oeiras.pt ficará descontinuado a partir de 21 de abril, devendo todas as interações ser feitas através do novo sistema a partir da sua entrada em funcionamento, a 3 de maio, esclarece a autarquia.

Quer comentar a notícia que leu?