ODIVELAS REÚNE ESPECIALISTAS PARA INOVAR E VALORIZAR ESCOLAS

As I Jornadas Pedagógicas do Agrupamento de Escolas Adelaide Cabette (AEAC) realizaram-se no dia 13 de julho, na Escola Secundária de Odivelas, sob o tema “Inovar para Renovar, Integrar e Valorizar”.

O presidente da Câmara Municipal de Odivelas, Hugo Martins, referiu na sessão de abertura que «é com grande satisfação que venho observando a dinâmica e a motivação dos nossos Agrupamentos de Escolas, em particular na realização de encontros com estas características, que reúnem especialistas de elevado prestígio, com reconhecidos percursos profissionais e académicos, e que constituem importantes momentos de reflexão e de debate, numa área tão relevante como a Educação».

O autarca afirmou, ainda, que «Odivelas inovou ao assumir a descentralização de competências no domínio da educação, em janeiro de 2020, que veio aproximar e aprofundar, ainda mais, aquele que era já um relacionamento estreito e efetivo entre a autarquia e os agrupamentos de escolas».

De facto, segundo o autarca, «a grande conquista e a pedra de toque do processo de descentralização de competências situa-se na proximidade», afirmando que «este processo tem tanto mais sucesso, quanto maior for a qualidade dessa proximidade e o nível de comunicação bilateral entre o Município e toda a Comunidade Educativa».

Do ponto de vista de Hugo Martins, «são, hoje, notórios os ganhos de eficácia e de eficiência nas decisões que diariamente tomamos. São evidentes, também, as mais-valias nas estratégias e no planeamento educativo local que realizamos em parceria e complementaridade».

Segundo revelou, foram «fundamentais os progressos registados em termos de gestão corrente e de funcionamento, como: a celeridade na contratação de pessoal não docente; a agilização de muitas questões administrativas; a aquisição de fardamento; a gestão dos contratos de fornecimento de eletricidade, água, gás, seguros, inspeções e certificações; a gestão do serviço de refeições escolares; a aquisição do serviço de transportes escolares especiais; ou a disponibilização de plataformas informáticas de apoio à gestão».






O edil destacou, também, o contributo do Município no âmbito da redução das desigualdades sociais. «Ao assegurarmos 3 refeições diárias aos nossos alunos do JI e do 1º ciclo do ensino básico, garantimos que todos estão na sala de aula em condições de aprender», defendeu Hugo Martins, salientando que «este apoio se revelou fundamental durante as interrupções provocadas pela pandemia, para os alunos sujeitos a maior vulnerabilidade».

Já o Diretor do AEAC, Paulo Gonçalves, agradeceu a todos os envolvidos, desejando “que as jornadas tenham continuidade no futuro. É um momento importante para todos nós, de partilha de experiências, de reflexão, de aprendizagem e de convívio entre os cerca de 270 professores deste agrupamento”.

Marcaram, também, presença no encontro a Vereadora da Educação da autarquia, Susana Santos, o Delegado Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo, Bruno Santos, representantes do conselho geral do AEAC e membros de associações de pais, entre outros convidados.

Quer comentar a notícia que leu?