OEIRAS ANALISA EUROPA PÓS-MERKEL

0

No final de setembro, Angela Merkel vai deixar de ser a chanceler que ficará na história da Alemanha, após 16 anos à frente dos seus destinos. Porém, a sua liderança foi controversa no rumo da União Europeia (UE), num período de grandes desafios. É, precisamente essa liderança que hoje, à noite, vai ser debatida na Livraria-Galeria Verney, em Oeiras.

Angela Merkel encontra-se a cumprir o seu último mandato como chanceler, que terminará em 2021, e ao fim do qual terá completado dezasseis anos, tantos quanto Helmut Kohl no século XX (e só um pouco menos do que os vinte anos de Bismarck no século XIX). Mas, desde que se encontra no poder, a crise Covid-19 é a terceira grande crise com que lidou (1ª crise económico-financeira de 2008, 2ª crise migratória de 2015). Com a eleição do novo presidente da CDU, é difícil não ponderar sobre o que será a Europa sem Angela Merkel.

Por isso, a Europa Pós-Merkel é, neste momento, um tema extremamente atual que vai ser debatido hoje, 14 de setembro, na sessão da Praça das Liberdades, que vai juntar um painel de especialistas composto por Ana Isabel Xavier, Luísa Meireles e Mónica Dias, com a habitual moderação do jornalista Nicolau Santos. O encontro está marcado para as 21H30, na Livraria-Galeria Municipal Verney, em Oeiras.

Este tema surge numa altura em que a chanceler alemã irá deixar o cargo que ocupou durante 16 anos e em que vários desafios se colocam à Europa: a emergência da extrema-direita, os resquícios da presidência de Donald Trump, a crise económica fruto dos sucessivos confinamentos devido à pandemia por COVID-19, as alterações climáticas e os ciberataques, enumerando apenas alguns.

Para assistir presencialmente a este evento é necessária inscrição, através do e-mail galeria.verney@oeiras.pt ou pelo telefone número 21 440 83 29. Quem preferir, poderá optar por assistir on-line, nos Facebook do Município de Oeiras e das Bibliotecas Municipais de Oeiras.

Os oradores




Ana Isabel Xavier é doutorada em Relações Internacionais pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (especialização em Estudos Europeus, 2011), Professora Associada do Departamento de Relações Internacionais da Universidade Autónoma de Lisboa. Investigadora Integrada e Sub-diretora do OBSERVARE – Observatório de Relações Exteriores. É Professora Convidada do Departamento de História do ISCTE e associada do Centro de Estudos Internacionais (CEI-IUL) e do CISDI-UM – Centro de Investigação em segurança e defesa do Instituto Universitário Militar. De Março de 2015 a Fevereiro de 2017, desempenhou as funções de Subdiretora-Geral de Política de Defesa Nacional na Direção Geral de Política de Defesa Nacional, tendo sido agraciada pela Cruz del Mérito Aeronáutico con Distintibo Blanco (Agosto 2016) e pela medalha de Defesa Nacional de Primeira Classe (Dezembro 2017). É comentadora de Política Internacional da RTP, residente do Jornal 2, aos sábados, com uma rubrica dedicada à Europa.

Luísa Meireles é especializada em assuntos internacionais, segurança e defesa, e escreve regularmente sobre estes temas. Membro do Centro de Estudos Eurodefense-Portugal e da Association Euromed- IHEDN (Institut des Hautes Etudes de Défense National).

Como jornalista, cobriu como enviada especial os anos do fim da União Soviética e a transição de regimes em todo o centro e leste europeu, incluindo as guerras dos Balcãs. Especializando-se nas áreas de Defesa e Segurança e Assuntos Europeus, bem como Política. Foi editora de Internacional do jornal Expresso entre 2000-2006 e, entre 2006 e 2018 Redatora Principal na secção de Política deste jornal. Em outubro de 2018 assumiu o cargo de Diretora de Informação da agência Lusa.

Publicou o livro «E Depois do Iraque?», em parceria com o General Loureiro dos Santos (2003), bem como “General Loureiro dos Santos – uma biografia” (2018).

Mónica Dias é Professora Associada e Coordenadora do Programa de Doutoramento no Instituto de Estudos Políticos (IEP) da Universidade Católica Portuguesa. É Doutorada em Ciência Política e Relações Internacionais pelo IEP e desenvolve investigação nas áreas dos Estudos de Conflitos e da Paz, da Democracia, da Política Internacional Contemporânea e dos Direitos Humanos. Concluiu o seu Mestrado na área dos Estudos da Cultura pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. É investigadora integrada do CIEP onde dirige a Linha de Investigação sobre Estudos da Paz e Sociedade Civil. Lecionou na Universidade de Colónia (RFA) e foi bolseira da United States Information Agency (hoje Fulbright) e da Fundação Calouste Gulbenkian, tendo participado em vários Programas de Formação nos Estados Unidos e na Alemanha. Foi assessora da Comissão de Educação, Ciência e Cultura na Assembleia da República e formadora em seminários internacionais organizados pela Comissão Europeia e pelo Parlamento Europeu nas áreas da Educação Multicultural, Liderança e Gestão de Conflitos.

Quer comentar a notícia que leu?