OEIRAS COMEMORA 262 ANOS COM CONSTRUÇÃO DE NOVA SEDE PARA O MUNICIPIO

0

A atribuição de viaturas às corporações de Bombeiros Voluntários do Concelho e à União das Freguesias de Oeiras e São Julião da Barra, Paço de Arcos e Caxias, a inauguração do Parque Fitness, na Urbanização Fórum Oeiras e o lançamento da 1ª pedra do novo edifício Fórum Municipal de Oeiras, foram os pontos altos das comemorações do 262º aniversário da elevação a concelho do município de Oeiras.

O palco escolhido para as celebrações foi, como não poderia deixar de ser, o Conjunto Patrimonial “Casa de Pesca”, na Quinta do Marquês de Pombal (um património nacional que está a ser reabilitado pela Câmara Municipal, com vista à sua preservação) e, foi aí que Isaltino Morais, acompanhado pelo Bispo Auxiliar de Lisboa, D. Américo Aguiar, entregou viaturas às sete associações de bombeiros do concelho e um autocarro à União das Freguesias de Oeiras e São Julião da Barra, Paço de Arcos e Caxias (UFOPAC).

O Bispo Auxiliar de Lisboa que, no verão de 2013, prestou a comunhão final aos bombeiros voluntários que faleceram no Hospital da Prelado, no Porto, devido a queimaduras sofridas em socorro das populações, fez questão de realçar: «nesta bênção de viaturas também estamos a demonstrar a nossa gratidão a estes homens e mulheres, porque temos a certeza que os bombeiros voluntários vão sempre aparecer para nos salvar».

Oeiras, segundo afirma D. Américo Aguiar, é «uma terra que dá vontade de sonhar» e, por isso também, é de louvar a atitude da autarquia «de oferecer estas viaturas que, todos nós, desejávamos que não fossem precisas».

Em resposta, Isaltino Morais, além de ter reafirmado a confiança que o município tem nas suas forças de segurança, proteção civil e trabalhadores da autarquia, que se sujeitaram «a adoecer com um vírus desconhecido, pondo em risco a sua vida para nos proteger», anunciou que, em tempo oportuno fará uma cerimónia específica, «com vista a reconhecer e homenagear o esforço, trabalho e abnegação daqueles que se destacaram durante a pandemia – na qual o Município já investiu mais de 12,6 milhões de euros na proteção da comunidade e no alivio das dificuldades dos mais afetados».

Oeiras vai ter nova sede


Mais tarde, Isaltino Morais e D. Américos Aguiar, estiveram no lançamento da primeira pedra do novo edifício Fórum Municipal de Oeiras, futura sede da Câmara Municipal, e na inauguração de um parque infantil e fitness, também na urbanização do Fórum, em Oeiras.

No lançamento da primeira pedra do futuro edifício administrativo da Câmara Municipal, que implica um investimento de perto de 50 milhões de euros e que deverá contribuir para a melhoria da eficiência e eficácia dos serviços prestados, Isaltino Morais, D. Américo Aguiar e os trabalhadores do município deram «o seu contributo» para reconhecimento futuro. Assim, foi colocada na capsula do Tempo alguns objetos dos dias de hoje . Isaltino Morais colocou alguns euros e a revista municipal de habitação, D. Américo Aguiar ofereceu o «solidéu» (barrete idêntico ao utilizado pelos judeus mais ortodoxo) e os trabalhadores municipais assinaram um pergaminho de Oeiras.

O novo edifício administrativo municipal é uma obra há muito ansiada e aguardada, prometendo ser um importante momento de transformação das condições laborais dos trabalhadores, que, segundo Isaltino Morais, têm sido «adiados demasiadas vezes», lembrando que os funcionários da Câmara Municipal, «talvez os principais operacionais da mudança das últimas décadas de Oeiras têm trabalhado, alguns deles, em más condições» e que os munícipes «também merecem ser melhor e mais eficazmente atendidos».

Uma outra obra emblemática é o Centro de Congressos e Exposições, «cuja necessidade é há muito conhecida» e que implica um investimento que deverá orçar cerca de 35 milhões de euros. Para o autarca, esta obra significa a criação de «condições para servir a nossa comunidade empresarial, que tantas vezes se queixa da falta deste equipamento» e, paralelamente, vai atrair eventos de grande dimensão internacional para Oeiras, potenciando o turismo de negócios, e acelerando o turismo em Oeiras.

 

 

Quer comentar a notícia que leu?