OEIRAS ENTREGA CANDIDATURA A CAPITAL EUROPEIA DA CULTURA 2027

0

Foi hoje, de manhã, entregue os correios de Santo Amaro de Oeiras a candidatura de Oeiras a Capital Europeia da Cultura 2027. Este ato simbólico, segundo Isaltino Morais, reforça «a confiança no sucesso da candidatura».

A proposta formal de candidatura de Oeiras a Capital Europeia da Cultura em 2027 foi entregue esta manhã, nos termos regulamentares, nos correios de Santo Amaro de Oeiras, pelo Comissário da candidatura Jorge Barreto Xavier e outros elementos que integram o projeto Oeiras 27.

O Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, reconheceu o simbolismo importante do momento e reiterou a confiança «no sucesso desta candidatura», sublinhando: «Não tenho dúvidas de que a nossa proposta é a mais forte, a mais ambiciosa, que tem tudo para ganhar e que será uma verdadeira mais-valia para Oeiras, para a Área Metropolitana de Lisboa e para o País».

Por seu turno, o Comissário da Candidatura de Oeiras a Capital Europeia da Cultura, Jorge Barreto Xavier, afirmou que esta candidatura «simboliza a aposta clara do concelho em assumir a Cultura como um polo de progresso» e recordou que Oeiras tem feito um percurso que transformou o Município numa referência de desenvolvimento territorial em Portugal. «Queremos um futuro feito de Artes, Ciência, Tecnologia e Inovação», salientou.

Os cinco eixos em torno dos quais foi organizada a candidatura obedeciam ao lema “Damos Forma Ao Futuro” e visam criar um ecossistema urbano onde a atividade e a participação cultural sejam um parâmetro estruturador e, em simultâneo, estabelecem Oeiras como capital da poesia e das culturas de língua portuguesa, capital das artes e criatividade, capital das heranças culturais e capital do património marítimo.

Jorge Barreto Xavier destacou ainda a participação da população no projeto e o apoio a esta candidatura obtido unanimemente pelos Municípios que compõe a Área Metropolitana de Lisboa, estando certo de que o projeto contribuirá para o aumento da dimensão europeia do Concelho. Além disso, o projeto apresentado aposta no aumento da participação cultural e no fortalecimento do sector cultural e a sua ligação aos outros setores de atividade em Oeiras.




A Comissão de Honra de Oeiras 27 inclui António Ramalho Eanes, Anne Teresa De Keersmaeker , António Saraiva, Elvira Fortunato, Eunice Muñoz, Francisco Pinto Balsemão, Marcelino Sambé, Maria Bethânia, Philippe Stark, Rosa Mota e Ruy de Carvalho. Teve como consultores estratégicos Robert Palmer (ex Diretor da Cultura e Herança Nacional e Cultural do Conselho Europeu), Carlos Pimenta (que foi representante de Portugal junto da Comissão Europeia no âmbito do Work Plan for Culture) e Teresa Albuquerque (foi representante nacional no grupo do Método Aberto de Coordenação da Comissão Europeia sobre os sectores culturais e criativos).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here