OEIRAS ENTREGA EQUIPAMENTO NO DIA DO ARRANQUE OFICIAL DO ENSINO ONLINE

0

Todos os alunos de Oeiras têm os mesmos direitos, nomeadamente a condições de acesso ao retorno das aulas não presenciais. Quem o diz é Isaltino Morais que, hoje, entregou aos agrupamentos escolares de Oeiras de 1366 tablets, 1200 routers, 14 computadores portáteis e 18 webcams.

O presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, esteve hoje na Escola Luís Freitas Branco, em Paço de Arcos,  para entregar equipamento tecnológico, no dia em que se assinala o arranque oficial do ensino online nas escolas do país, tendo realçado que nas «escolas não pode haver desigualdades» e que, por isso, a Câmara está a distribuir as ferramentas tecnológicas que permitam, mesmo aos alunos mais carenciados, terem equipamento que lhes permite acompanhar as aulas do ensino à distância.

Por isso, dentro da política educacional que tem sido fomentada pela autarquia, na Escola Luís de Freitas, especificamente, Isaltino Morais entregou um total de 525 tablets para alunos e professores e 350 licenças CISCO WeBex. Dos 520 tablets para alunos, 270 serão entregues aos alunos dos escalões A e B que ainda não receberam os equipamentos “Escola Digital”, do Ministério da Educação.

Para Isaltino Morais, que fez questão de recordar que deste a entrada em funcionamento deste executivo as escolas têm sido dotadas com as ferramentas tecnológicas, adaptadas ao período que agora vivemos, lembrou que, desde a primeira hora, Oeiras preparou-se para responder a todas as necessidades identificadas pelos Agrupamentos de Escolas/ Escola Não Agrupada (AE/ENA), a fim de não faltarem equipamentos tecnológicos para professores e alunos vulneráveis.

Segundo o autarca, o município garantiu uma resposta, de maneira a que nenhum aluno ficasse para trás, por dificuldades de acesso a equipamentos ou a rede de internet, salientando que o Departamento de Educação articulou com os diretores dos AE/ENA o levantamento das necessidades, por forma a dar resposta a todos os que vierem a necessitar.

Neste período pandémico, o investimento municipal foi de 660 mil euros e os apoios agora concedidos são consubstanciados pela entrega de 1366 tablets, 14 computadores portáteis e 18 webcams, a alunos e professores mais vulneráveis, garantindo-se, desta forma, que todos terão equipamentos para as aulas a distância;




Isaltino Morais fez questão de salientar, ainda, a entrega de 1200 equipamentos de acesso à internet (routers e WiFi), para professores e alunos sem acesso à mesma, permitindo, assim, que todos possam participar num sistema de aulas síncronas; a reativação de uma linha e um endereço eletrónico suporte para professores, alunos e pais (Número da Linha de Suporte 800 220 225/endereço de email: oeiraseduca-suporte@telecom.pt)

Por outro lado, como refere a autarquia, procedeu-se à contratação de uma equipa de técnicos especializados para apoio direto à configuração e manutenção dos equipamentos tecnológicos cedidos pelo MO e pelo ME, no âmbito do programa “Escola Digital” e foram disponibilizadas 2300 licenças da plataforma CISCO WeBEX, aos cerca de 2000 professores do concelho e aos cerca de 230 professores/técnicos das Atividades de Enriquecimento Curricular, oferecendo todas as garantias e requisitos que consideramos fundamentais para o ensino a distância: Segurança, Privacidade (dos dados pessoais dos alunos), Universalidade, Usabilidade e Estabilidade.

Quer comentar a notícia que leu?