SIMPATIA E QUALIDADE «MARCAM» AVIOS NA CHARCUTARIA RIVIERA

0

Espaço cheio de tradição, a Charcutaria Riviera é uma das mais famosas do Bairro de Alvalade, onde o atendimento clássico, pronto a ajudar, guia-nos para os melhores produtos portugueses como enchidos ou fruta fresca e pelos «meandros» da comida caseira de tacho ou forno, pronta a levar para casa.

Fundada em 1958, a Charcutaria Riviera, na Avenida da Igreja, 23, em Alvalade, é uma autêntica pérola do comércio tradicional, com muitos anos de experiência, onde não vai ter dificuldade em encontrar tudo o que precisa, de várias formas e feitios. Entre salgados, empadas alentejanas, carnes frias e enchidos, encontra queijos com diferentes curas, conservas e até refeições confecionadas prontas para levar para casa. É caso para dizer: na Riviera encontra os melhores ingredientes para uma almoçara, jantarada ou petiscada com a família e os amigos, cumprindo as regras ditadas pelo confinamento.

«Os produtos que existem na nossa Charcutaria são, na sua maioria, fornecidos por pequenos e médios produtores locais de variadas zonas do País, designadamente da zona saloia», afirma Fernando Lourenço, proprietário deste espaço, salientando que, um dos objetivos da Riviera é «levar os clientes a consumirem produtos regionais», de grande qualidade, a preços acessíveis para que todos se possam deliciar com o que de melhor existe no mercado.

Nas prateleiras refrigeradas brilham brócolos, cenouras e repolhos, vindos diariamente da zona Oeste, a mesma proveniência da fruta vendida na banca exterior, uma tradição da Riviera, mantida por Fernando Lourenço que, praticamente todos os dias, traz da zona de Loures os frescos e que, semanalmente, vai buscar ao Milharado, Mafra, os célebres palmiers da zona saloia (uma especialidade da casa e que se recomenda) e as bolinhas de Torres Vedras.

Na charcutaria e nos queijos, encontra-se desde o Queijo da Serra, o requeijão artesanal de Alcains e o queijo de cabra curado, sem esquecer a oferta de outros produtos que os clientes procuram, como queijos franceses, suíços e o queijo de figo, uma novidade enviada da Póvoa do Varzim.

«Temos um serviço personalizado e a simpatia e aos produtos clássicos, como os doces, os ovos-moles de Aveiro, o presunto Ibérico (Barrancos – Casa do Porco Preto) ou os queijos da serra, a que acrescentámos outras ofertas, designadamente em termos de vinhos: temos uma garrafeira excelente com uma seleção de vinhos diferenciada», explica Fernando Lourenço, esclarecendo: «Servimos pessoas informadas que sabem o que procuram».

Um dos serviços que marca a diferença desta charcutaria é o de takeaway. Todos os dias, pela manhã, se sentem os odores da comida caseira de tacho e de forno que estão a ser confecionados na cozinha da Riviera, para levar para casa em doses ou meias doses de arroz de polvo, bacalhau à lagareiro, lulas recheadas, lombo de porco assado, panados. O takeaway, que serve cerca de 20 pratos diários, foi implementado pela Riviera para «melhor servir os clientes» que, comodamente, podem esperar em casa pela «chegada» da refeição, transportada pelos estafetas da charcutaria.

Recentemente renovada, a Riviera continua a ostentar o porquinho de avental e barrete de cozinheiro, tanto na fachada como no interior, a lembrar a história da casa e que a liga à extinta Aveirense, fábrica de salsicharia fina e conservas de carne fundada em 1949, perto do Rato, que, para escoar os seus produtos, tinha associadas algumas charcutarias, como a Riviera ou a Dava, na Avenida Duque de Ávila.

Por todos estes motivos, a Riviera continua a ser uma aposta segura para comprar produtos de mercearia, entre os quais sobressaem os bons queijos e enchidos, as geleias italianas (ou gomas vintage) ou frutos secos dos bons a granel, podendo sempre fazer a encomenda do «seu cabaz», para entregar em casa, através do telefone 218 497 620.

Quer comentar a notícia que leu?