XANANA GUSMÃO RECEBIDO POR CARLOS MOEDAS

0

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, recebeu, hoje. o antigo presidente da República Democrática de Timor-Leste, Xanana Gusmão, para debaterem apoios a serem concedidos à Organização Intergovernamental G7+, que tem a sua delegação europeia, num edifício na Avenida 24 de Julho, cedido pela autarquia lisboeta.

O histórico líder da resistência timorense e antigo presidente da República Democrática de Timor-Leste, Xanana Gusmão, foi hoje, de manhã, recebido pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, para debater os apoios que vão ser dados pela autarquia lisboeta à organização Intergovernamental G7+, que tem a sua sede europeia, em Lisboa.

Presidente desta Organização Não Governamental, Xanana Gusmão agradeceu os apoios concedidos pela câmara de Lisboa, que lhes permite desenvolver uma série de atividades «na luta contra a pobreza e para edificar um mundo melhor», lembrando que «o G7+ é um projeto que pretende levar a paz e o desenvolvimento às zonas do mundo onde isso ainda não foi possível».

Estabelecido formalmente em 2010, o G7+ é uma organização intergovernamental que tem permitido aos países afetados por conflitos influenciarem de forma mais decisiva a formulação das políticas de desenvolvimento, sendo composto por 20 países: Afeganistão, Burundi, Chade, Comores, Costa do Marfim, Guiné, Guiné-Bissau, Haiti, Iémen, Ilhas Salomão, Libéria, Papua Nova Guiné, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Serra Leoa, Somália, Sudão do Sul, Timor-Leste e Togo.

Como áreas prioritárias do G7+ estão a consolidação da paz e do Estado, em quatro temáticas principais, desde logo na área “paz e da reconciliação, na gestão de recursos naturais, como gerir eleições sucessivas e democráticas, e ainda a gestão de missões de paz das Nações Unidas pós-conflito”

Para além do presidente Xanana Gusmão, compõem ainda a comissão executiva do G7+ o ministro Francis M. Kai Kai, do planeamento e desenvolvimento da Serra Leoa (Chair do g7+) e Abie Kamara, diretora da cooperação da ajuda externa da Serra Leoa.


Quer comentar a notícia que leu?