A AVENIDA MAIS FLORIDA DE OEIRAS PODE ESTAR EM LINDA-A-VELHA

0

A Avenida Carolina Michaelis, em Linda-a-Velha, pode vir a ser, num futuro próximo a rua mais florida do concelho de Oeiras, afirmou Isaltino Morais que, esta quinta-feira, visitou a renovada artéria principal desta vila oeirense.

O Conforto Urbano e a mobilidade suave foram o mote das já tradicionais deslocações semanais do presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, que visitou dois arruamentos do concelho que foram recentemente requalificados, com o objetivo de torná-los mais cómodos, mais seguros, mais acessíveis e mais bonitos.

Na União de Freguesias de Algés, Linda-a-Velha, Dafundo e Cruz Quebrada, presidida por Rui Teixeira, Isaltino Morais inaugurou a renovada Avenida Carolina Michaelis, uma das principais vias em Linda-a-Velha, anunciado a construção de vários espaços de estacionamento, nomeadamente um com capacidade para 74 lugares nas traseiras da Carolina Michaelis, um parque de dois pisos para 400 lugares e, ainda, a criação de mais lugares de estacionamento «ao fundo da D. Pedro V».

Na Av. Carolina Michaelis, onde também é permitido o estacionamento em «espinha», as obras de requalificação consistiram numa empreitada de reordenamento do trânsito e na substituição dos passeios beneficiando, assim, o peão, a quem foi proporcionada mais comodidade e mobilidade.

De facto, no âmbito do conforto urbano, segundo Isaltino Morais, apostou-se na valorização desta zona, atribuindo-lhe uma  maior comodidade e acessibilidade pedonal, bem como, uma imagem esteticamente mais apelativa e acolhedora, criando-se nos postes de candeeiros e no separador central «um espaço florido» que, caso os moradores coloquem vasos com plantas nas varandas, pode transformar a Carolina Michaelis «na avenida mais florida de todo o concelho de Oeiras», diz Isaltino Morais.

Esta intervenção, orçada em 360.980 euros, incluiu a substituição de lancis, criação de pavimentos pedonais confortáveis, repavimentação betuminosa e requalificação paisagística, sendo o «exemplo daquilo que se está a fazer em todo o concelho», afiança Isaltino Morais, garantindo que «estão a ser criadas as condições para as pessoas circularem com mais segurança e conforto».





Em todo o concelho – acrescenta – «estamos a substituir a calçada de vidraço, que não tem nada a ver com a calçada à portuguesa, por pisos mais confortáveis e seguros. Na Carolina Michaelis o piso é em placas pré-fabricadas».

O presidente da Câmara de Oeiras aproveitou a ocasião para revelar que «toda a zona ocidental de Linda-a-Velha vai ser alvo de várias intervenções, que vão melhorar a circulação pedonal e automóvel».

Já para o presidente da União de Freguesias de Algés, Linda-a-Velha, Dafundo e Cruz Quebrada, Rui Teixeira, estas intervenções vão contribuir para «uma mobilidade mais sustentável e também para a criação de novos espaços de estacionamento», melhorando a qualidade vida dos residentes.

Inauguradas no dia em que se voltou à situação de calamidade, a intervenção na Carolina Michaelis, do ponto de vista de Rui Teixeira, é também um sinal de esperança no futuro e que «a vida continua, apesar do agravamento da situação pandémica».

Requalificação em Paço de Arcos

Isaltino Morais esteve também na Rua Conde de Alcáçovas, em Paço de Arcos, sublinhando que esta intervenção teve como objetivo beneficiar o peão, procurando uma maior comodidade e mobilidade.

No âmbito do conforto urbano, realçou, procurou-se a valorização desta zona, atribuindo-lhe uma maior comodidade e acessibilidade pedonal, bem como, uma imagem esteticamente mais apelativa e acolhedora. Esta intervenção, que consistiu num investimento municipal de 149.468 euros, iniciou-se junto ao edifício das Finanças de Paço de Arcos e incluiu ainda uma parte da Rua José Ferrão Castelo Branco.

Estas duas das artérias foram intervencionadas no âmbito da estratégia municipal de criar mais conforto urbano para os munícipes, sobretudo para os mais idosos e/ou com mobilidade condicionada, que está a ser levada a cabo em todo o concelho, valorizando o espaço público, tornando-o mais agradável e ‘User Friendly’.

A Câmara Municipal de Oeiras já concluiu a requalificação de 26 arruamentos, tem em curso um e projetados, para 2021, já estão mais 21 arruamentos.

 

Escreva aqui o seu comentário...