Sábado, Maio 23, 2020
Inicio Autores Artigos de Olhares de Lisboa

Olhares de Lisboa

Avatar
967 ARTIGOS 0 COMENTÁRIOS
As mais emblemáticas feiras de Lisboa, a da Ladra, das Galinheiras e a do Relógio, voltam, a partir de amanhã ao "convívio" dos lisboetas. Assim, amanhã já se pode ir comer uns "couratos" na feira das Galinheiras ou do Relógio e comprar "velharias" ou livros na feira da Ladra.
No restaurante Dom Pio, em Carnaxide, os dias são de esperança e também de certezas. Lentamente, os clientes vão retomando antigos hábitos e voltam ao restaurante que os conquistou «pelo estômago».
A Junta de Freguesia de Alvalade, em Lisboa, está a distribui 20 máscaras reutilizáveis por cada estabelecimento de comércio local do Bairro de Alvalade, prevendo distribuir 4000 máscaras a todos os comerciantes.
Abertura automática das portas em todas as paragens e evitar usar dinheiro são as regras da DGS para os transportes públicos, onde é obrigatório usar máscara. Nos táxis, os passageiros devem manter as mãos no colo para evitar tocar em superfícies.
O Município de Loures conta com quatro nomeações para as 7 Maravilhas da Cultural Popular. Um concurso nacional que pretende destacar o melhor da cultura popular portuguesa, em diversas categorias.
No Dia internacional dos Museus, assinalado ontem, 18 de maio, esses espaços de cultura da capital voltaram «ao convívio» dos lisboetas. Com entradas gratuita e «distanciamento social e máscaras», os museus lisboetas foram visitados por milhares de pessoas.
Hoje, entre as 21 e as 23 horas, a União de Freguesias de Carnaxide e Queijas, em cooperação com os Escuteiros de Queijas, inicia uma campanha de recolha de bens alimentares, que se prolonga até ao próximo dia 28 de maio.
A Câmara de Almada decidiu abrir os espaços do cidadão. Assim, desde ontem, já é possível o atendimento presencial, desde que exista uma marcação prévia.
No segundo dia de desconfinamento já se nota um maior número de transportes públicos na região metropolitana de Lisboa. A AML, em articulação com as 18 autarquias, operadores e governo, reforçou todas as carreiras da região metropolitana.
O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, almoçou, numa esplanada na Av. da República, com a direção da AHRESP para dar um sinal de apoio ao setor, bem como de confiança, no dia em que os restaurantes, cafés e esplanadas reabriram.

ÚLTIMAS EDIÇÕES

ÚLTIMAS