ALUNOS E PROFESSORES DE PAÇO DE ARCOS LIMPAM A PRAIA VELHA NO DIA DO MAR

0

Ontem, 16 de novembro, celebrou-se o Dia Nacional do Mar. Em Portugal, várias iniciativas assinalaram esse Dia demonstrando a importância do mar para a economia e para o desenvolvimento nacional. Oeiras, que tem quatro das suas praias com bandeira azul, associou-se a este dia e 100 alunos e 10 professores limparam a praia Velha de Paço de Arcos.

A celebração do Dia Nacional do Mar, que ontem se celebrou em todo o país e, em particular em Oeiras, teve origem na “Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar”, que entrou em vigor a 16 de novembro de 1994 (Portugal ratificou o documento em 1997) para mostrar a importância do mar para o desenvolvimento de Portugal, um país fortemente ligado ao mar e que ficou para história como o país dos Descobrimentos marítimos.

Em Oeiras, para assinalar a data, o Agrupamento de Escolas de Paço de Arcos comemorou o Dia Nacional do Mar, com um programa que incluiu uma ação de limpeza da Praia Velha de Paço de Arcos, em que participaram 100 alunos e 10 professores.

Esta celebração, organizada pelo Centro de Atividades Náuticas (CAN) do agrupamento, teve como principal objetivo «sensibilizar a comunidade em geral e, em particular, a comunidade educativa, para a preservação do nosso planeta, promovendo valores ligados à proteção e sustentabilidade do oceano, bem como capacitar jovens com competências desportivas náuticas (na área do stand up paddle)», afirmou Pedro Cardoso, coordenador do CAN do Agrupamento de Escolas de Paço de Arcos.

Segundo revelou Pedro Cardoso, esta iniciativa contou com o apoio do Município de Oeiras que, inclusivamente, não realizou a limpeza diária que efetua nas praias do concelho, a fim de mostrar «a necessidade de «termos as nossas praias limpas».

Estas ações, desenvolvidas também no âmbito projeto Escola Azul, tiveram também o objetivo «de continuar a sensibilizar os alunos e comunidade em geral para a correta deposição de resíduos, evitando assim contaminar, ribeiras, rios e respetivos ecossistemas», assegurou Pedro Cardoso, sublinhando que este tipo de iniciativas contribui «para a sustentabilidade do ambiente e para salvar o mar».




Do programa comemorativo fizeram ainda parte a oficina sobre reciclagem e sustentabilidade “plástico à vista”, uma mostra das artes de pesca e a simbólica colocação de pranchas na água, a formar a palavra “MAR”, momento que será registado por uma foto aérea.

Desporto náutico para todos

O CAN, que é apoiado com instalações e equipamentos pela Câmara Municipal de Oeiras, pretende dar uma oportunidade aos alunos do concelho de experimentar desportos náuticos de forma completamente gratuita.

Destinado aos alunos do 2.º e 3.º ciclos, e secundário, o CAN permite a prática de Canoagem, Surf e Vela, tendo a Câmara Municipal disponibilizado um edifício, na Praia Velha de Paço de Arcos. Para isso, fez obras de requalificação, no valor de 13 mil euros e financiou a compra de material e equipamento desportivo, que custou 20 mil euros. Por seu turno, a União das Freguesias de Oeiras e São Julião da Barra, Caxias e Paço de Arcos garantiu todo o mobiliário para este centro, com um investimento de dois mil euros.

Este Centro de Formação Desportiva em Atividades Náuticas tem como objetivo desenvolver a sua atividade na área, das tutorias aos Grupos/Equipa de Canoagem, Surf e Vela e estágios de formação desportiva especializada, durante o ano letivo e durante as interrupções letivas, desenvolvendo também atividades curriculares do Agrupamento de Escolas de Paço de Arcos, dos Cursos Profissionais de Gestão Desportiva e Técnico de Desporto.

Este projeto, que faz parte do Programa Nacional Escola Azul, ao qual o Município de Oeiras está associado, faz parte da estratégia da Câmara para promover as atividades náuticas no concelho.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here