A educação e a nova esquadra da PSP foram os dois pontos marcantes das comemorações do sexto aniversário da União de Freguesias de Carnaxide e Queijas. Para Inigo Pereira, contudo, uma das preocupações da junta prende-se com a inclusão dos mais vulneráveis.A União de Freguesias de Carnaxide Queijas celebrou ontem, 28 de outubro, o sexto aniversário, numa cerimónia solene que decorreu no salão Paroquial de Queijas

O presidente da Assembleia de Freguesia, António Seixas, que abriu a cerimónia, mostrou-se agradado e reconhecido pelo trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal de Oeiras em termos do ensino escolar, reconhecendo que a edilidade está a apostar forte para que, no concelho, existam os “melhores alunos o país.

Apesar de este ser um dos temas da “agenda “de Oeiras, o autarca não se coibiu de alertar para a necessidade de alterar o programa Escola Segura da PSP, porque – como alertou – «o modelo de proximidade da escola segura não serve as necessidades atuais”.

Mas o autarca não se ficou por aqui e na sua intervenção, sublinhou a necessidade de «atualizar a carta educativa do concelho, com a criação de mais jardins de infância públicos”, afirmando que, este ano, «várias crianças de quatro anos ficaram sem vaga».

Por seu turno, o presidente da União de Freguesias de Carnaxide e Queijas, Inigo Pereira, após realçar a importância da educação no desenvolvimento da freguesia, focou-se nas realizações da junta de freguesia, nas suas diversas competências e atribuições. A título exemplificativo falou da criação da nova imagem de marca da freguesia, um novo logotipo, com o slogan “Unidos para si”.

Na vertente social, Inigo Pereira reafirmou que, ao longo dos últimos dois anos, tem criado condições para uma maior eficiência no serviço que presta às populações para melhorar os padrões de qualidade de vida dos residentes em Carnaxide, Queijas e Outurela. Todavia, como fez questão de denunciar “ainda continuam a subsistir problemas graves que estão a ser resolvidos, aos poucos e poucos.

Inigo Pereira, que salientou o papel das forças vivas da freguesia no combate à exclusão, lembrou os diversos programas de apoio à população mais carenciada, com «a recolha de 72 mil produtos alimentares e 15.500 peças de vestuário e calçado», anunciando que está a ser preparado, para o próximo ano, um novo programa de auxílio alimentar a 360 famílias da União de Freguesias.

O presidente da junta de freguesia sublinhou ainda para as atividades desenvolvidas pela Universidade Sénior de Carnaxide-Queijas, que ganhou mais valências com novo edifício em Carnaxide e um novo polo em Queijas.

Na vertente cultural recordou que todos os eventos realizados na freguesia, nomeadamente a feira Medieval, a feira do Fumeiro e as festas de Queijas, Carnaxide e Outurela, tem tido o apoio e a colaboração de todos os agentes locais da cultura, que tem desempenhado um papel importante na dinamização cultural da freguesia. Inigo Pereira aproveitou a ocasião para anunciar, a abertura de um novo espaço de internet em Queijas.

Já o vice-presidente da câmara de Oeiras, Francisco Gonçalves, fez questão de se referir à diferença entre a atuação da câmara e do Governo central, ao recordar que «todos os centros de saúde do concelho foram construídos» pela câmara, assim «como as esquadras da polícia». Francisco Gonçalves fez questão de anunciar a construção da nova esquadra de Carnaxide, revelando que o velho edifício será renovado e destinar-se-á ao alojamento dos agentes”.

Por outro lado, Francisco Gonçalves, em termos das políticas desenvolvidas pela câmara de Oeiras em prol de qualidade de vida dos seus eleitores, sublinhou a «melhoria significativa da limpeza e recolha urbana», em contraste com «o que se verificava quando chegámos à câmara».

O sexto aniversário de Carnaxide e Queijas, assinalado também a atuação artística do Clube de Carnaxide Cultura e Desporto, terminou com a entrega de Medalhas de Honra, de Mérito e de Bons Serviços da União de Freguesias de Carnaxide e Queijas a diversos colaboradores da junta de freguesia. Foi ainda atribuída uma medalha de honra ao Padre Luciano, que esteve à frente da paróquia de Carnaxide e vai partir par uma missão em Moçambique.

 

 

 

 

 

 

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.