COMBUS DE OEIRAS COM MAIS 8 AUTOCARROS

0

Até ao final do ano, o concelho de Oeiras vai ficar totalmente coberto com transporte gratuito, com a aquisição de 8 autocarros para a rede Combus, revelou a Câmara de Oeiras no dia em que anunciou a reparação da viatura de combate a incêndios florestais

A Câmara de Oeiras aprovou a aquisição de mais oito viaturas urbanas de transporte de passageiros para o COMBUS, cumprindo assim o objetivo de cobrir todo o concelho com autocarros gratuitos disponibilizado pela autarquia até ao final de 2020

Segundo um comunicado da autarquia, vai ser «adotado um procedimento por Concurso Público, com publicidade internacional, cujo preço base é de 720.000,00euros, acrescido de IVA à taxa legal em vigor. Atendendo ao preço base previsto para este procedimento, o contrato a celebrar, decorrente do mesmo, deverá ser submetido a fiscalização prévia do Tribunal de Contas».

O serviço de transporte gratuito foi retomado no atual mandato (em junho de 2018), com um primeiro trajeto nas localidades de Algés, Cruz Quebrada – Dafundo e Linda-a-Velha. Já em março do presente ano, chegou a Oeiras, Paço de Arcos e Caxias, estando previsto o alargamento ao resto do território até ao final de 2020, de modo faseado, seguindo-se as freguesias de Carnaxide e Queijas e, por fim, Barcarena e Porto Salvo.

Esta decisão, que prevê um investimento de 2.000.000 euros no serviço Combus, dá seguimento – refere o comunicado da edilidade – «à estratégia definida no novo ciclo de desenvolvimento» para garantir melhores condições de mobilidade, o Executivo





Veículo florestal de combate a incêndios

Por outro lado, o executivo municipal decidiu, também, atribuir uma comparticipação financeira à Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Dafundo, no montante de 14.397,90 euros, para reparação de veículo florestal de combate a incêndios (VFCI) e aquisição de material de desencarceramento.

Justificando esta decisão, a autarquia adianta que «as Associações de Bombeiros desempenham um papel relevante na proteção de Pessoas e bens, designadamente no socorro de feridos e doentes, extinção de incêndios de origem variada e resolução de incidentes de vária índole». E, por isso, o «Município de Oeiras, atendendo ao fim social destas Associações e ao interesse municipal das suas atividades, tem vindo a apoiá-las, nomeadamente a um nível financeiro adequado».

 

Escreva aqui o seu comentário...