EM OEIRAS «QUEM NÃO TEM CÃO, CAÇA COM GATO»

0

«Quem não tem cão, caça com gato» e, «em dias de confinamento em casa», as empresas ligadas à venda de vestuário tem de «ganhar para os alfinetes» e, por isso, a Trendy Market, de Oeiras, decidiu entrar no mercado dos negócios virtuais de venda de roupa.

Com os eventos públicos em espaços físicos proibidos em Portugal, as organizações de mercados pop up (lojas temporárias de uma determinada marca num espaço físico de venda ao público) têm procurado alternativas para manterem a agenda a funcionar. Desta vez, chegou a hora da Trendy Market, de Oeiras, a anunciar que vai fazer uma edição online, nos próximos dias 18 e 19 de abril, reunindo cerca de 70 marcas portuguesas dedicadas à moda, decoração, joalharia, cerâmica, gourmet ou design.

A ideia é que o visitante entre no site e escolha a categoria que pretender. A partir daí, encontra centenas de artigos. O funcionamento é simples: as marcas estão reunidas em www.trendymarket.pt, e o mercado abre às 10.00 de dia 18 e dura todo o fim-de-semana, até às 22.00 de dia 19.

«Este mercado trata-se do resultado de um sentimento de união que nos liga num objetivo comum de que o comércio local tenha uma alternativa ao fecho de lojas, tenha onde dinamizar os negócios e investimentos e de apelar ao consumo do que é português. Apoiar as pequenas empresas, encurtando este distanciamento agora essencial, mas sem perder o contacto e a ligação com os seus clientes”, refere o Trendy Market em comunicado.

As marcas no site estão segmentadas por conceitos (Feito por nós e por cá; original e diferente; e um toque de exclusividade) onde os visitantes vão poder navegar e explorar as marcas com que mais se identificam. Escolhida a marca, são levados até ao seu site ou rede social para que possam agilizar a compra directamente com os expositores.

As marcas que vão participar estão a ser divulgadas diariamente na página de Facebook do Trendy Market. Já aderiram a esta feira ondline, por exemplo, a I Want, Nomad Bohemian, Handsmadelove, Tribal Lovers, Betinhas, Kahut Bijuteria, É o que Há, Anil, Happy One eMel Mil Flores vão participar.





Mercado de roupa online em Lisboa

Também em Lisboa, o The Spot Market que é considerado um dos mercados de roupa, calçado e acessórios mais conhecidos de Lisboa, com várias edições por ano, algumas delas com descontos imperdíveis, cancelou a sua edição de abril, por causa do Covid 19.

Mas, em alternativa, criou um mercado digital com dezenas de marcas portuguesas, nomeadamente a Pepito, By Ió, Sol & Sal, Acqua, Pakkika, Hoyara, Matilda, Mel e Alecrim, Açai com Granola, Add Water, Amikko, Ana Calheiros Concept Store, Ana Ring, Antik Pink, Ao Ataco!, Aqui há Peça, Archivo, Art Spot, As Deolindas, Associação Novo Futuro, Ata, Bali, Balilas Girl Collection e Bao.

Escreva aqui o seu comentário...