ESCOLAS DE ODIVELAS LIVRES DE AMIANTO

As escolas do concelho de Odivelas estão, finalmente, livres de amianto, garante a autarquia local que, entretanto, anunciou um investimento de 400 mil euros em fichas de trabalho até ao 6ºano de escolaridade da rede pública, a serem distribuídas gratuitamente.

 A Câmara de Odivelas conclui, em 2020, a remoção de estruturas em fibrocimento no parque escolar municipal. A interrupção letiva permitiu concretizar um conjunto significativo de intervenções em equipamentos escolares, que ainda contam com estruturas em fibrocimento.

Implicando um investimento superior a 1 milhão de euros, as obras possibilitaram a todas as escolas do Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico do Concelho deixarem de possuir qualquer estrutura de amianto. Estas intervenções, consideradas prioritárias pela autarquia, «representavam uma justa e legítima pretensão da comunidade educativa», salienta a edilidade.

O encerramento das escolas, por causa da pandemia de Covid-19, permitiu intervenções, para remoção do fibrocimento existente, nas Escolas Secundárias de Odivelas e da Ramada, a EB Carlos Paredes, na Póvoa de Santo Adrião, a EB António Gedeão, em Odivelas e a EB Vasco Santana, na Ramada.

Por outro lado, conforme anuncia a autarquia, no âmbito da sua estratégia de requalificação e modernização do parque escolar municipal, vão ser efetuadas mais um conjunto alargado de obras de manutenção e reabilitação em 24 estabelecimentos educativos, num investimento aproximado de 2 milhões de euros.





400 mil euros para fichas de trabalho

Entretanto, a Câmara Municipal de Odivelas vai voltar a disponibilizar de forma gratuita, no próximo ano letivo de 2020/2021, as fichas de trabalho a todos os alunos do 1º ao 6º ano de escolaridade da rede pública do concelho, independentemente do escalão de abono do estudante.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Hugo Martins, este investimento superior a 400 mil euros reflete «o compromisso na afirmação de Odivelas enquanto Concelho Educador, solidário e inclusivo. Esta medida constitui um importante apoio às famílias que, desta forma, podem canalizar essa verba para outras despesas familiares.

A entrega das fichas será efetuada no início do ano letivo, diretamente nas escolas, sendo que este recurso será para uso exclusivo do aluno. Em caso de dúvidas, o encarregado de educação deverá solicitar esclarecimentos na sede do Agrupamento de Escolas ou no próprio estabelecimento de ensino.

 

 

 

 

 

 

 

Quer comentar a notícia que leu?