Está quase! É já amanhã, 12 de junho, que se celebram os Casamentos de Santo António, este ano são totalmente organizados pela EGEAC.Celebram-se amanhã os Casamentos de Santo António. Têm tudo como manda a tradição: o vestido branco, o bouquet, os montinhos de arroz à sua espera à porta da igreja, uma celebração cheia de pompa e circunstância. As noivas de Santo António vão dar o nó na manhã de 12 de junho e, como ditam os bons costumes, está tudo preparado para celebrar o maior casamento do ano.

Ao todo, 16 casais vão amanhã iniciar uma nova etapa na sua vida. E apesar de a cerimónia ser igual para todos – cinco casam pelo civil e 11 optaram por um casamento religioso –, cada casal tem a sua identidade. Amanhã é a vez de 16 casais, entre os 20 e os 40 anos e oriundos de várias freguesias de Lisboa, subirem ao altar naquela que é uma das cerimónias mais acarinhadas pelos lisboetas.

Embora a tradição remonte a 1958, sob o nome de ‘Noivas de Santo António’, a mesma foi «interrompida em 1974», contudo, tendo sido recuperada em 1997 pela Câmara Municipal de Lisboa e desde então dá-se pelo nome de ‘Casamentos de Santo António’.

Aos casamentos vão assistir os convidados dos 16 casais, mas não só, uma vez que a RTP é a televisão oficial do evento e terá uma emissão especial na qual transmitirá a troca de votos no altar.

PROGRAMA

Os Casamentos de Santo António afirmaram-se, definitivamente como um dos momentos altos das Festas de Lisboa, trazendo à rua milhares de pessoas e atraindo turistas de todas as partes do mundo.

Para os casais que nele participam, este evento representa um momento inesquecível, onde se cumpre o sonho do casamento; para a cidade representa o respeito pela tradição e pelas raízes populares de Lisboa.

O modelo segue a tradição dos anos anteriores, com a cerimónia civil a realizar-se às 11h45 nos Paços do Concelho, seguindo-se, às 14h00, os casamentos religiosos na Sé de Lisboa.

A cerimónia contará com 13 Casais de Ouro, abençoados por Santo António em 1969 e que este ano renovarão os votos das suas bodas de ouro.

Às 16h30, noivas e noivos do casamento religioso tiram uma fotografia com o presidente da Câmara Municipal, Fernando Medina, na escadaria da Sé, seguindo-se nova fotografia com todos os novos casais, às 17h00, junto ao pelourinho da Praça do Município, de onde partem em desfile, em automóveis antigos, para a Estufa Fria, onde decorre o Copo d’Água a partir das 17h45.

À noite, depois das 21h00, os casais juntam-se às Marchas Populares na Avenida da Liberdade.

Com esta edição, segundo um comunicado da Câmara Municipal, passarão a ser 352 os casais de Santo António apadrinhadas pela autarquia, com uma média de idades deste ano é de 31 anos e são oriundos de diversas freguesias como: Alcântara, Arroios, Beato, Campo de Ourique, Campolide, Marvila, Olivais, Penha de França e S. Domingos de Benfica.

 

About The Author

Related Posts

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.