LISBOA DÁ COMPUTADORES A ALUNOS DO 1º CICLO

0

A Câmara de Lisboa vai entregar, nos próximos dias, 3319 computadores portáteis a alunos do 1.º ciclo das escolas da cidade, contribuindo para alargar o leque das opções pedagógicas.

 São 3319, o número de alunos dos 3º e 4º anos do 1º ciclo que vão receber um computador portátil, com acesso à internet, para utilizar até ao final do ano letivo ou enquanto as aulas presenciais não regressarem.

Todos são «alunos que foram sinalizados como não dispondo em casa de meios tecnológicos para acompanhar o ensino de aulas não presenciais e que, neste momento de emergência, passam a dispor de melhores condições de aprendizagem com um equipamento adequado ao contexto de ensino à distância», afirma a Câmara de Lisboa em comunicado.

Segundo o comunicado, os equipamentos, agora adquiridos, serão usados no próximo ano letivo para equipar as salas de aula do 1º ciclo da cidade de Lisboa, acelerando a transição digital destas escolas a cargo da autarquia e «contribuindo para alargar o leque de opções pedagógicas à disposição dos professores em ambiente de sala de aula, nomeadamente com recurso a plataformas interativas».

Assim, a autarquia prevê entregar, a partir da próxima semana, 3.319 computadores portáteis e 3.319 routers 4G a alunos dos escalões A e B de apoio social, dos quais 254 são adaptados para alunos com necessidades de educativas especiais.

No atual cenário de pandemia, a Câmara de Lisboa em parceria com as direções dos Agrupamentos de Escolas, responde assim ao desafio inerente à rápida transição e adaptação para diferentes modelos de ensino-aprendizagem. Investe ainda no ensino à distância (E@D), oferecendo aos professores e alunos, uma solução educativa e modular com conteúdos programáticos para o 1º ciclo e pré-escolar, equipamentos e conectividade, que permitem on-line a realização de aulas, a partilha de recursos, discussão de ideias e colaboração à distância, aliado a um centro de contacto, para apoio aos professores, alunos e pais.





Esta solução, adianta o comunicado, inclui também a plataforma “LisBOA +Sucesso Escolar” para aprendizagem remota, agregando computadores e acesso à internet móvel, suportando assim não só os alunos que recebem o equipamento, mas também todo o universo de alunos de 1º ciclo das escolas públicas da cidade de Lisboa.

Foto: Arquivo

Escreva aqui o seu comentário...