MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA APRESENTA: “VARIAÇÕES NATURAIS – UMA VIAGEM PELAS PAISAGENS DE PORTUGAL”

0

Inserida nas comemorações de Lisboa Capital Verde Europeia, a exposição oferece uma viagem pelos principais ecossistemas portugueses, que se encontram “reunidos” em 1200 m².

O Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa (MUHNAC – ULisboa) está a exibir a exposição organizada pela Câmara Municipal de Lisboa, em parceria com a Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, do Museu Nacional de História Natural e da Ciência, e do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). A mostra convoca todos os sentidos do participante, em verdadeiras viagens aos cumes de montanhas, descidas em grutas e mergulhos nas profundezas do mar.

A exibição foi inaugurada na terça-feira, dia 24, tendo limitado número de convidados, devido à pandemia. Estiveram presentes o Ministro do Ambiente, João Pedro Fernandes, o Secretário de Estado da Conservação da Natureza, João Catarino, o Vereador do Ambiente, Estrutura Verde, Clima e Energia da CML, José Sá Fernandes, o Diretor do ICNF, Nuno Banza, o Reitor da ULisboa, António Cruz Serra, e a Comissária da exposição, Professora da Faculdade de Ciências da ULisboa e Investigadora no Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, Cristina Branquinho.

Embora o país se encontre em contexto pandémico, o prémio de Capital Verde Europeia tem importante papel para a sensibilização ambiental. Para José Sá Fernandes, Variações Naturais “é uma exposição conceptual e cenográfica e um contributo essencial para a defesa, preservação e valorização do património natural. Só defendemos o que conhecemos.”.

A mostra apresenta os Parques Naturais, em mapas, e outras áreas protegidas onde se encontra cada ecossistema. No fim, um expositor interativo convida o participante a explorar estas áreas com mais detalhes, por meio de visitas reais. “Uma verdadeira medida de sucesso desta exposição seria levar mais pessoas a visitar as áreas protegidas que temos”, acrescenta José Sá Fernandes.

Toda a riqueza de conteúdos expostos foi fruto de um trabalho com apoio científico de mais de 40 investigadores, especialistas de diferentes centros, laboratórios e instituições coordenadas por Cristina Branquinho. De acordo com a pesquisadora, “esta exposição é quase uma extensão da atividade científica. Todas as soluções passam pelas pessoas. Esta exposição ajuda a sensibilizar.”

Variações Naturais deverá ficar em exibição até 2023, e pode ser visitada no horário habitual do MUHNAC (das terças às sextas-feiras, das 10h às 17h; aos sábados e domingos, das 11h às 18h), de forma livre ou por visitas orientadas, que podem ser reservadas através do e-mail: museus.ulisboa.pt/pt-pt/visitas-orientadas

Créditos das Fotografias: Nuno Correia | CML

Quer comentar a notícia que leu?