ODIVELAS NÃO ALARGA HORÁRIO DE COMÉRCIO

0

Os estabelecimentos comerciais no concelho de Odivelas vão continuar a encerrar às 20 horas. Enquanto a Autoridade Local de Saúde não alterar o seu parecer, o executivo odivelense vai manter os horários de encerramento em vigor.

Em Odivelas, os horários vão ser mantidos em virtude do parecer emitido pela Autoridade Local de Saúde, informou, à agência Lusa, a Câmara Municipal de Odivelas.

Esta decisão da Câmara de Odivelas surgiu na sequência da decisão do Conselho de Ministros de atribuir aos presidentes de câmara dos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa (AML), que se mantém em estado de contingência devido à pandemia de covid-19, a permissão de alteração dos horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais.

A decisão do Conselho de Ministros permite às autarquias fazer alterações nos horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, de acordo com parecer das forças de segurança e da autoridade local de saúde, deixando de vigorar a obrigatoriedade de abrirem às 10:00 e encerrarem às 20:00.

Até agora, apenas os supermercados podiam permanecer abertos até às 22 Horas, mas sem vender bebidas alcoólicas depois das 20 Horas, enquanto os restaurantes podiam admitir clientes até à meia-noite, tendo de encerrar às 01 horas.

Entretanto, na sequência desta determinação do Conselho de Ministros alguns municípios da Área Metropolitana de Lisboa (AML), como o de Lisboa, Oeiras, Almada, Barreiro e Sesimbra decidiram alargar o horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais.


No município de Lisboa, o comércio, incluindo os centros comerciais, já pode retomar os horários de funcionamento praticados antes da pandemia, com exceção dos cafés que terão de encerrar às 21 Horas.

Nos municípios de Almada, Barreiro, Seixal e Sesimbra, no distrito de Setúbal, todos os estabelecimentos de comércio e de prestação de serviço poderão funcionar até às 22 Horas.

Os 18 municípios que integram a AML são Alcochete, Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira.

 

Escreva aqui o seu comentário...