A equipa de judo do Sporting Clube de Portugal que se sagrou bicampeã da Europa foi recebida, hoje, nos Paços do Concelho de Lisboa pelo vereador do pelouro do Desporto, Carlos Castro.Os atuais bicampeões da europa de clubes, que disputaram o campeonato no passado dia 16 de novembro em Odivelas, arrecadaram pela segunda vez consecutiva.

De troféu na mão, a equipa chegou ao início da tarde à Praça do Município, onde foram recebidos pelo vereador do Desporto, Carlos Manuel Castro.

Na cerimónia de homenagem, Carlos Castro salientou o «empenho das pessoas que promovem esta modalidade e que dignificam o desporto como fonte fundamental do desenvolvimento local, regional, nacional e internacional».

«Este é um feito simplesmente admirável e muitas vezes quem vence é quem mais quer, quem tem mais alma, quem tem mais coração», disse Frederico Varandas, presidente do clube.

O presidente do Sporting aproveitou uma homenagem da Câmara de Lisboa aos judocas leoninos, para afirmar que a «alma e coração dos atletas do judo do Sporting são uma lição para adeptos e dirigentes».

«Muitas vezes, não é o favorito que vence. Vocês deram uma lição de que muitas vezes quem vence é quem mais quer, quem tem mais alma e coração. Deram uma lição a qualquer adepto que goste de desporto, a qualquer dirigente, a qualquer pessoa na vida», afirmou Frederico Varandas, dirigindo-se aos judocas campeões europeus.

Salientando que o judo do Sporting elevou «um país com a dimensão de Portugal no panorama europeu», Varandas destacou a competência dos atletas.

Já o campeão mundial Jorge Fonseca (-100 kg) agradeceu ao presidente do Sporting e à autarquia por reconhecerem o esforço e a dedicação dos judocas, que aproveitaram o factor casa na final, disputada em Odivelas.

Em declarações a Olhares de Lisboa, o judoca afirmou: «não estávamos à espera de sermos campeões da Europa, lutámos para chegar ao pódio e não acreditávamos que podíamos ser campeões. Os meus colegas acreditaram, lutaram e estavam com fé que íamos fazer algo histórico».

Jorge Fonseca conquistou o título mundial de judo na categoria de -100 kg, ao vencer o atleta russo Niyaz Ilyasov na final da competição, disputada em Tóquio.

Jorge Fonseca, de 26 anos, tornou-se no primeiro português a conquistar uma medalha de ouro em Mundiais ao derrotar Ilyasov, terceiro classificado nos Mundiais de 2018.

O judoca do Sporting, que nasceu em São Tomé e Príncipe, agora está focado nos Jogos Olímpicos, que se realizam no próximo ano, esperando conquistar um pódio.

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.