SAIBA ONDE PASSAR O TEMPO LIVRE EM LISBOA ESTA SEXTA-FEIRA

Depois de uma semana de trabalho, chega a altura de descontrair e passar um bom momento de lazer. Das exposições aos concertos, esta sexta-feira vai encontrar um pouco de tudo em Lisboa. Conheça aqui as nossas sugestões para este início de fim de semana.

Em Carnide, há música com Pedro Branco, às 21h00, na Casa do Coreto. O músico vai apresentar ‘Lutas’, um recital intimista, que nos remete a uma viagem pelas várias lutas que temos na vida, abordando ainda a obra de músicos como José Afonso, José Mário Branco ou Sérgio Godinho. O espetáculo tem a duração de uma hora e os bilhetes custam oito euros, para adultos, e seis euros, para crianças. É preciso fazer uma reserva obrigatória, através dos contactos bilheteira@luacheia.pt ou pelos números 938018777 ou 966046448.

Na mesma freguesia, o dia começa com o XVII Fórum entre Gerações, às 9h00, no Centro Cultural Franciscano. Esta iniciativa é promovida pela Junta de Freguesia de Carnide, no âmbito do plano de atividades do Espassus 3G e do Grupo de Solidariedade de Gerações. O tema deste encontro será “Nós e os Outros”, no qual se irá debater temas sobre a saúde mental, a cidadania, ou a terceira idade.

Este fórum vai contar com a presença de diversos especialistas e termina por volta das 16h30. Para mais informações, bem como para realizar a sua inscrição no evento, deverá contactar o Espassus 3G, através dos contactos 931 462 215 ou 210 120 837.

Na Alameda D. Afonso Henriques, junto à Fonte Luminosa, na freguesia do Areeiro, haverá, entre as 10h00 e as 16h30, uma sessão de rastreios, em parceria com a Fundação Portuguesa de Cardiologia e o Projeto Radar. Já em Alvalade, começam amanhã as inscrições para o programa mensal dos Briosos de Alvalade, as quais podem ser realizadas presencialmente, nas instalações da Junta de Freguesia, ou através do email geral@jf-alvalade.pt.

Em Santa Maria Maior, a propósito da celebração do centenário da Coroação do rei Fernando I e da rainha Maria, o Instituto Cultural Romeno Lisboa, em colaboração com a Embaixada da Roménia, organiza, esta sexta-feira, a partir das 18h00, a projeção do documentário ‘Maria, o coração da Roménia’ e o concerto na interpretação de Cristina Bitiușcă (voz) e Alcides Ovelar (harpa). A entrada nesta iniciativa é livre, sendo que deverá confirmar a sua presença através do email: icrl.geral@mail.ptprime.pt.





Na freguesia da Estrela, vai ter lugar, no Cemitério dos Prazeres, a iniciativa ‘Arte nos Prazeres’, e que vai promover uma visita guiada ao espaço, com Francisco Queiróz. Esta ação realiza-se no âmbito da Semana Cultural nos Cemitérios, que tem lugar até ao próximo domingo, dia 16. No entanto, as inscrições para esta sexta-feira já encerraram, sendo que só existem vagas para a iniciativa de domingo, no Cemitério do Lumiar.

Já em Telheiras, na Biblioteca Orlando Ribeiro, na freguesia do Lumiar, vai ter lugar mais uma sessão da iniciativa ‘Legados Saramaguianos’, às 18h30. Esta sessão terá como convidada a escritora Dulce Maria Cardoso e a conversa será moderada pelo professor Carlos Reis. Os ‘Legados Saramaguianos’ é um conjunto de ações que decorre em diversos lugares de Lisboa, ao longo do ano das Comemorações do Centenário de José Saramago e é uma parceria das Bibliotecas de Lisboa com a Fundação José Saramago.

Já em Belém, o fadista Camané vai levar os seus temas ao palco do CCB, pelas 21h00, onde irá também apresentar o seu trabalho mais recente, ‘Horas Vazias’, lançado em outubro de 2021. O concerto irá contar com a participação de João Barradas (acordeão) e Ricardo Toscano (saxofone). Os bilhetes custam 6,50 euros e estão à venda em Bol.pt. Este concerto está integrado na iniciativa ‘Há Fado no Cais’, co-produzido pelo Museu do Fado e pelo Centro Cultural de Belém.

Ainda na mesma freguesia, o Torreão Nascente da Cordoaria Nacional recebe, entre as 16h00 e as 19h00, a visita guiada à exposição ‘Resistência Visual Generalizada – Livros de Fotografia e Movimentos de Libertação: Angola, Moçambique, Guiné-Bissau e Cabo Verde’, promovida pela EGEAC. As 16h00, as curadoras Catarina Boieiro e Raquel Schefer vão fazer uma visita à exposição,a que se segue, pelas 17h00, uma conversa com os artistas Silvestre Pestana e Daniel Barroca sobre as obras que apresentam na exposição.

Na freguesia do Parque das Nações, poderá ver, até ao próximo sábado, dia 15 de outubro, a exposição Cidades do Futuro, no Hotel Vip Arts. Esta mostra foi realizada pela comunidade de artistas do Parque das Nações Park.Arte e inclui trabalhos de pintura, escultura e fotografia, contando ainda com a participação das crianças do 2.º ano da Escola Básica e Integrada Vasco de Gama.

Na Ajuda, está patente, até dia 11 de novembro, no Mercado da Ajuda, uma exposição sobre o mês da prevenção dos maus-tratos na infância. Esta mostra tem entrada gratuita e pode ser vista entre as 10h30 e as 11h30, de terça a sexta-feira. Ainda na Ajuda, destaque também para a realização da Semana Cultural nos Cemitérios no Cemitério da Ajuda, onde, pelas 14h30, poderá conhecer o espaço, com Ema Câmara, e ainda conhecer ‘A Casa Portuguesa nos Cemitérios de Lisboa’, através de uma palestra virtual com Gisela Monteiro, às 18h00.

Por outro lado, poderá ver, até à próxima segunda-feira, dia 17 de outubro, a exposição ‘Recordar Nagashima’, no Espaço Santa Catarina, na freguesia da Misericórdia. Minoru Nagashima foi o pintor conhecido por fazer os seus quadros a óleo no Jardim do Príncipe Real ou em São Pedro de Alcântara, no final dos anos 90. A entrada na exposição é gratuita e pode ser vista de segunda a sexta, das 14h00 às 20h00.

No âmbito das comemorações do Mês do Idoso e em parceria com o Projeto Radar, a Junta de Freguesia dos Olivais está a promover a iniciativa ‘Cruzeiro no Rio Tejo’, com o objetivo de dinamizar o convívio sénior e combater o isolamento. As inscrições estão abertas e terminam esta sexta-feira, dia 14 de outubro, na sede da Junta de Freguesia, entre as 9h30 e as 17h00. O Cruzeiro realiza-se no dia 21 de outubro, entre as 9h30 às 13h00, e está aberto para reformados a partir dos 55 anos. A participação no passeio, que inclui deslocação até à Doca do Espanhol, em Alcântara, é gratuita.

Quer comentar a notícia que leu?