VAMOS ENTRAR COM O PÉ DIREITO EM 2022

2021 foi um ano exigente, vivido com grandes mudanças e constantes adaptações. Superação e resiliência foram as palavras chave, as nossas, as dos nossos leitores, autarquias, instituições privadas e públicas e dos anunciantes. Com as mudanças duradouras que a pandemia criou na forma como trabalhamos, consumimos, pensamos e agimos, é agora mais importante do que nunca mantermo-nos fieis à qualidade do nosso trabalho.

O ano de 2021 aproxima-se do seu término. É hora de refletir sobre o crescimento pessoal, coletivo e profissional, sobre o que cada um de nós conseguiu alcançar, sobre os momentos bem-sucedidos que compartilhamos e sobre os obstáculos que tivemos de superar.

O ano que vem, à semelhança do que ocorreu em 2021, será, também, bastante desafiante, essencialmente porque a Covid-19, que é uma das maiores ameaças do nosso tempo e que periga a nossa existência, como humanos, continuará a ser obstáculo às nossas realizações, como todo um povo.

Apesar disso, é nossa convicção de que 2022 será um ano de muitas expectativas e de enormes certezas, em que cada um de nós deverá fazer muito melhor do que tem feito para que as conquistas de cada um e de todos se traduzam num bem-comum à dimensão das nossas necessidades.

Estando nós a começar um novo ano, não há ninguém que possa com rigor avançar como o mesmo venha a acabar. Porém estamos certos que este ano será determinante para o país e para o que possa representar um avanço no seu desenvolvimento social, cultural e económico.

Que 2022 seja o ano que marca o fim da pandemia e nos permita, sem medo, retomarmos a nossa vida social, cultural e económica são os desejos da equipa de Olhares de Lisboa, que deseja a todos umas boas entradas em 2022, lembrando que ainda vivemos um tempo que ainda exige o nosso cuidado. Por isso, importa recordar as medidas excecionais para o Ano Novo, garantindo a segurança de todos.





Que 2021 «leve» todas as dificuldades e que 2022 traga os resultados que todos almejamos. Boas lembranças e pensamento positivo. Feliz ano novo!

Quer comentar a notícia que leu?