Estão a chegar as Festas de Lisboa 2024

A EGEAC, agora com a marca Lisboa Cultura, apresentou, esta terça-feira, dia 21 de maio, a programação das Festas de Lisboa. O evento vai contar, como já é habitual, com iniciativas para todas as idades e gostos, durante todo o mês de junho, com destaque para as Marchas Populares, os arraiais e os Casamentos de Santo António, entre outras atividades.

Junho é sinónimo de festas populares e Lisboa não é excepção. A programação das Festas de Lisboa foi apresentada ao público esta terça-feira, 21 de maio, num evento que decorreu na Praça do Munícipio. As Festas de Lisboa vão contar com eventos para todas as idades e gostos, com destaque para as Marchas Populares de Lisboa, que vão contar, uma vez mais, com dois momentos – a exibição na Altice Arena, nos dias 31 de maio, 1 e 2 de junho, e o desfile na Avenida da Liberdade, de 12 para 13 de junho. Este ano, o desfile inicia-se com um momento especial: a Dança do Dragão, organizada pela Associação Geral Desportiva de Macau Lo Leong (grupo convidado), que pretende comemorar o 25.º Aniversário do Estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau.

Esta apresentação contou com a presença do Presidente do Conselho de Administração da EGEAC, Pedro Moreira, que lembrou que esta empresa, agora denominada Lisboa Cultura, celebra 30 anos em 2024. No seu entender, as Festas de Lisboa “permitem, graças à dinâmica que introduzem na cidade, o desenvolvimento e produção de uma diversidade cultural única”. Para além das Marchas e arraiais populares, em oito freguesias do concelho, haverá ainda cinema, através da realização do CineConchas, na Quinta das Conchas, mas também desporto e eventos multiculturais, como servem de exemplo o Arraial Pride, no Terreiro do Paço, ou o Festival Bollywood Holi e Mercado da Índia, na Comunidade Hindu de Portugal (dia 2 de junho).

Nas Festas de Lisboa, estão ainda previstas a realização da Festa da Cultura Coreana, no Museu de Lisboa – Palácio Pimenta (dia 8), o Thai Festival (entre os dias 21 e 23) e a Festa do Japão (dia 29), no Jardim Vasco da Gama, em Belém.

Atividades para todos os públicos

Igualmente, destaque ainda para a exposição de Maria do Mar Fazenda na Galeria Quadrum, e que irá contar com obras de vários artistas plásticos, até 8 de setembro), e ainda para outra que reúne as obras de arte adquiridas pela Câmara Municipal de Lisboa em 2023, no Torreão Nascente da Cordoaria Nacional, a partir de 23 de maio. Ainda este mês, no dia 26, o Museu de Lisboa – Palácio Pimenta inaugura a exposição Lisboa em Revolução, 1383-1974, estando inserida nas celebrações dos 50 anos do 25 de Abril e inclui obras das coleções do Museu e peças cedidas por dezenas de instituições. No entanto, realçou ainda Pedro Moreira, “é na vertente mais popular que as Festas de Lisboa dão a conhecer as suas tradições mais queridas, na maioria dedicadas ao seu santo de eleição, o Santo António”.

Aqui, o responsável lembrou que esta programação contará novamente com a realização dos Tronos de Santo António e pela trezena de Santo António. Outro momento alto destas Festas é ainda os Casamentos de Santo António, no dia 12 de junho. No total, serão 16 casais que vão dizer o ‘Sim’, dos quais 11 oficializam o matrimónio na cerimónia religiosa, na Sé de Lisboa, e os restantes cinco casam-se na cerimónia civil, nos Paços do Concelho. Á noite, irão ainda desfilar na Avenida da Liberdade, no início do desfile das Marchas Populares de Lisboa, que, em 2024, terão como tema ‘O Tejo’. Contudo, Pedro Moreira destacou também “que as Festas são mais do que isso”, uma vez que também têm espaço para a música clássica, com concertos de música clássica e de jazz na Gulbenkian e no Largo do Picadeiro.

Castelo de São Jorge volta a receber ‘Fado no Castelo’

Assim, o Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian vai levar o público a uma viagem musical à Europa dos séculos XIX e XX. Já o segundo local, contará com sete concertos de jazz no Largo do Picadeiro, com artistas nacionais e internacionais. “As festas não esquecem a canção de Lisboa, o Fado, pelo que regressamos à Praça de Armas do Castelo de São Jorge para ouvir este sentimento mais profundo da cidade”, através do concerto da fadista Mariza, que vai interpretar alguns dos seus maiores êxitos no dia 20 de junho, em mais uma edição da iniciativa ‘Fado no Castelo’.  Em 2024, celebram-se ainda os 20 anos de um dos festivais mais icónicos da capital portuguesa, o Rock In Rio.

Aqui, foi chamada a diretora do festival, Roberta Medina, que adiantou que a “marcha vencedora” do concurso das Marchas Populares de Lisboa será convidada para assistir ao festival, bem como os noivos dos Casamentos de Santo António. Este ano, e pela primeira vez, o Rock In Rio realizar-se-à no Parque Tejo, deixando para trás o Parque da Bela Vista, local onde realizou todas as edições desde 2004 até agora. “A energia daquele terreno é maravilhosa, porque milhares de pessoas estiveram ali reunidas numa energia de união e de paz”, disse ainda Roberta Medina, destacando que o festival contará ainda com ecrãs onde serão transmitidos os jogos do Europeu de Futebol, com destaque para o encontro da seleção portuguesa com a Turquia, no dia 22 de junho.


Tony Carreira e Richie Campbell encerram a programação das Festas de Lisboa

O Terreiro do Paço irá receber, como já é tradição, os concertos de encerramento das Festas de Lisboa. Tony Carreira e Richie Campbell, sobem ao palco, respetivamente, nos dias 29 e 30. Desta forma, o conhecido cantor romântico, com mais de três décadas de carreira, vai interpretar alguns dos seus maiores êxitos, ao lado de convidados especiais e acompanhado por uma orquestra de 16 cordas. No dia seguinte, é a vez daquele que é um dos artistas mais bem-sucedidos da década de 2010, que vai trazer um espetáculo criado “para e por Lisboa”, reunindo em palco outros músicos convidados. As Festas de Lisboa contam com o apoio de vários parceiros, entre os quais a Superbock, o Licor Beirão, a RTP, entre outros.

Nesta apresentação, discursou também o presidente e agora responsável pela pasta da Cultura na Câmara Municipal de Lisboa (CML), Carlos Moedas, que começou a sua intervenção a agradecer “aos lisboetas”, “às Marchas de Lisboa” e sobretudo, aos seus “marchantes”, que “dão a vida pela cidade”. “As Festas de Lisboa são isto, são as pessoas”, disse o autarca, agradecendo aos artistas presentes nesta apresentação, tais como Tony Carreira, Carolina de Deus ou Luís de Matos. “Vamos estar em festa e esta festa junta tudo. Junta o Rock In Rio, que vai estar no Parque Tejo, naquele sítio absolutamente único onde esteve o Papa, e que vai ter cinco palcos”.

Apresentação das Festas contou com momentos musicais

“Hoje, nós vivemos num mundo díficil, cheio de fricções, com guerras, com dificuldades, e aquilo que nos diferencia é esta nossa alma e abertura ao mundo”, disse ainda o presidente, agradecendo a todos os que colaboram nestas Festas, incluindo os artistas, os presidentes de junta e todas as equipas da CML. Por fim, esta apresentação contou ainda com atuações musicais de Tony Carreira, Carolina de Deus, André Sardet, e uma interpretação da Grande Marcha de Lisboa, intitulada ‘O Tejo Afinal’, pela Orquestra da GNR. O programa das Festas de Lisboa 2024 pode ser consultado no site da Lisboa Cultura.

Quer comentar a notícia que leu?