40 CRIANÇAS DE LISBOA VÃO PASSAR AS FÉRIAS NA COLÓNIA BALNEAR ‘O SÉCULO’

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) celebrou um protocolo de colaboração com a Fundação “O Século” e que vai proporcionar uma semana de férias a 40 crianças dos bairros municipais da cidade nas instalações da Colónia Balnear Infantil de “O Século”, entre 8 a 13 de agosto.

Estas crianças são oriundas das Freguesias de Marvila, Lumiar, Santa Clara e Ajuda, e este protocolo da CML vem na sequência de proporcionar uma semana de férias a estas crianças, entre os dias 8 a 13 de agosto.

Esta iniciativa, que já se realizou no passado, é realizada em articulação com a autarquia, através dos pelouros dos Direitos Humanos e Sociais e da Habitação, juntamente com as Juntas de Freguesia de Marvila, Lumiar, Santa Clara e Ajuda, a Fundação ‘O Século’ e a CP – Comboios de Portugal.

A Fundação ‘O Século’ foi criada em 1998, com o objetivo de dar continuidade à Colónia Balnear Infantil ‘O Século’, obra social criada pelo jornal com o mesmo nome, em 1927. De acordo com Pedro Batista, coordenador desta instituição, ao Olhares de Lisboa, a Fundação ‘O Século’, para além da colónia de férias, conta ainda com 12 valências, entre as quais o serviço de apoio domiciliário, a cantina social, o Centro de Apoio à Família e Aconselhamento Parental (CAFAP), uma creche, e apoio alimentar a famílias carenciadas.

Ao mesmo tempo, esta instituição tem ainda quatro casas de acolhimento, que acolhe 50 crianças e jovens dos seis aos 12 anos. Ainda de acordo com Pedro Batista, a Fundação ‘O Século’ “ajuda diariamente cerca de 600 pessoas”, a que se juntam ainda mais 30 refugiados da Ucrânia. No verão, promovem a Colónia Balnear, que, segundo o mesmo, “recebe crianças e jovens de todo o país”.

Pedro Batista salienta ainda o “papel inclusivo” desta colónia balnear, que “recebe pessoas de todo o tipo, as quais todas encontram um lugar no nosso grande grupo, juntamente com afeto e diversão”.

Na manhã da próxima segunda-feira, dia 8 de agosto, as 40 crianças lisboetas vão rumar até à Estação do Cais do Sodré, onde vão apanhar o comboio até à Estação de São Pedro do Estoril, onde serão recebidas por membros da administração da Fundação “O Século” e monitores da colónia de férias, para iniciarem a sua semana de férias.





Durante estes cinco dias, estas crianças e jovens vão ter a oportunidade de irem à praia de São Pedro do Estoril, e ainda realizar atividades desportivas, cientificas, artísticas, e participar num concurso, chamado ‘O Século tem talento’, e que tem como objetivo explorar as habilidades jovens em diversas áreas.

O protocolo agora assinado com a Fundação ‘O Século’ vem recuperar uma tradição antiga da Câmara de Lisboa com a mesma, que durante muitos anos, financiou as férias de crianças carenciadas com as receitas da antiga Feira Popular de Lisboa. Este protocolo inclui um montante global de 7.600 euros, em que os encargos serão repartidos pela Câmara Municipal de Lisboa em até 50% (3.800 euros) e pelas Juntas de Freguesia em até 12.5% do valor, respetivamente, o que corresponde a 950.00€.

Segundo a autarquia, em comunicado, este protocolo vai permitir ainda proporcionar “uma semana diferente” a estas 40 crianças, onde muitas delas não têm contacto “com o mundo exterior” dos bairros onde residem, combatendo a pobreza infantil através de respostas sociais em contextos não formais e de lazer.

A edilidade salienta ainda que, 30 anos, após a implementação do Programa Especial de Realojamento (PER), medida que considera ter melhorado a qualidade de vida de milhares de munícipes, que ainda existe uma proliferação geracional da pobreza, e que atinge em particular os mais vulneráveis.

Quer comentar a notícia que leu?