ALMADA COMEMORA DIA DA MULHER AO SOM DA MORNA, BOSSA NOVA E FADO

0

A luta das mulheres operárias por mais direitos e melhores condições de vida nas fábricas e o movimento sufragista que, nos princípios do séc. XX, reivindicava o direito ao voto das mulheres, vão ser recordadas em Almada, no dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, ao som do fado, da morna e da Bossa Nova, num concerto online intitulado «Três Mulheres, Três Culturas», promovido pela União das Freguesias de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas.

As vozes e ritmos de Ana Firmino, Valéria Carvalho e Silvana Peres juntam Cabo Verde, Brasil e Portugal no concerto Três Mulheres, Três Culturas, que a União das Freguesias de Almada, Cova da Piedade, Pragal e Cacilhas oferece à população para assinalar o Dia Internacional da Mulher, a 8 de março, com transmissão online no YouTube e Facebook da União das Freguesias, dia 8 de março, às 21 horas.

A cantora e atriz da Ilha do Sal, Ana Firmino, traz-nos as mornas de Cabo Verde que se encontram com a bossa nova da cantora e atriz brasileira Valéria Carvalho e dançam com o fado multicultural da portuguesa Silvana Peres. Este concerto de homenagem às mulheres e à diversidade, vai «recordar» as conquistas das mulheres e a luta contra o preconceito, seja racial, sexual, político, cultural, linguístico ou económico.

A data surgiu pela primeira vez a 19 de março de 1911 na Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça. Desde esse ano, o dia tem vindo a ser comemorado em vários países do mundo, de forma a reconhecer a importância e contributo da mulher na sociedade.

A não perder. Saiba mais em: http://dlvr.it/Rtt6tF




Quer comentar a notícia que leu?