ALMADA CUIDA DAS FAMÍLIAS CARENCIADAS E NUMEROSAS

0

As famílias numerosas e as mais carenciadas, assim como as Instituições Particulares de Solidariedade Social e Bombeiros, são as principais beneficiárias de um conjunto de medidas sociais tomadas pela Câmara de Almada e a serem implementadas pelo SMAS.

A Câmara de Almada aprovou, recentemente, um conjunto de medidas de apoio social a implementar pelos Serviços Municipais de Água e Saneamento (SMAS), designadamente o adiamento dos pagamentos sobre faturas em emissão por um período de três meses (abril, maio e junho de 2020) e o cancelamento de ações coercivas neste período, como corte de água e execuções fiscais por atraso no pagamento, até junho de 2020.

Por outro lado, o executivo municipal decidiu também que todos os munícipes/beneficiários da Tarifa Social, cujo prazo para renovação da mesma termina nos meses de março, abril e maio de 2020, ficam automaticamente abrangidos por esta até junho de 2020. Contudo, em julho de 2020, será necessário fazer nova solicitação com prova, para renovação da Tarifa Social.

Entretanto, perante algumas dificuldades de tesouraria que algumas instituições estão a sentir, a Câmara de Almada vai isentar de pagamento as faturas em emissão durante os meses de março, abril e maio de 2020 a todas as Instituições Particulares de Solidariedade Social e às três Corporações de Bombeiros, do concelho de Almada, com base nos valores médios dos anos de 2019/2020.

Em comunicado, a autarquia, presidida por Inês de Medeiros, revela que estas medidas vão ser alvo de revisão durante o próximo mês de junho, podendo ainda, caso as circunstâncias assim o exijam, ser alteradas a qualquer momento por proposta da Câmara Municipal de Almada para deliberação em Assembleia Municipal de Almada.

O Tarifário Social pode ser requerido por munícipes em situação de carência económica ou por famílias numerosas.

Para mais informações, aceda a Tarifário Social ou ligue para a Linha de Apoio ao Cliente dos SMAS de Almada – 212 726 001 (dias úteis, das 8h30 às 17h30).

Escreva aqui o seu comentário...