A Câmara de Almada e a Área Metropolitana de Lisboa realizam, no próximo dia 23 de janeiro, um Workshop Municipal sobre Riscos, Impactes e Vulnerabilidades, no âmbito do Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climáticas da Área Metropolitana de Lisboa (PMAAC-AML).

Neste encontro, a decorrer no Fórum Municipal Romeu Correia, no centro de Almada, das 14h às 17h45, vão estar presentes vários especialistas nacionais em Alterações Climáticas, Zonas Costeiras e Saúde Humana.

Este workshop – adianta um comunicado da edilidade almadense – é dirigido a um espectro alargado de atores locais (operadores de transporte, comerciantes, universidades, agrupamentos de escolas, unidades de saúde, técnicos municipais, etc), com o objetivo recolher os seus contributos para possíveis medidas de adaptação do território e das populações a um clima em mudança.

Por isso, no programa estar incluído um«inovador diagnóstico participativo, que constituirá uma oportunidade de participação alargada sobre esta temática».

O PMAAC-AM pretende aprofundar o conhecimento do fenómeno das alterações climáticas a nível regional, tendo em vista a construção de um «território intermunicipal mais preparado para enfrentar as dinâmicas climáticas do presente e aquelas que se projetam para o futuro».

O PMAAC-AML teve início em fevereiro de 2018, prevendo-se a sua conclusão até julho de 2019.

Almada no PMAAC-AML

O concelho de Almada é particularmente vulnerável às alterações climáticas, com as suas faixas atlântica e ribeirinha e arribas, afiança-se no comunicado agora divulgado, e, por essa razão, a Estratégia Local para as Alterações Climáticas (ELAC) de Almada, integra as componentes de Mitigação das emissões carbónicas e de Adaptação às vulnerabilidades climáticas atuais e futuras.

No âmbito do PMAAC-AML, Almada tem colaborado nas várias fases da elaboração deste Plano, designadamente na recolha de informação relevante, identificação de impactos e vulnerabilidades atuais e futuras e na definição de opções e medidas de adaptação adequadas ao seu território.

Programa

 

Quer comentar?

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.