ALVALADE VAI SER CAPITAL DA LEITURA

0

A 5.ª edição de Alvalade Capital da Leitura, a realizar-se entre 31 de maio e 5 de junho, vai ser centrada no poeta, ficcionista, ensaísta e crítico Eduardo Pitta que tem uma forte ligação ao bairro de Alvalade.

Debates temáticos, noites de poesia e música são algumas das atividades que vão marcar a 5ª edição de Alvalade Capital da Leitura que, à semelhança de anos anteriores, vai estar centrado num autor com ligação ao Bairro de Alvalade. Este ano, a Junta de Freguesia destaca, o poeta, escritor, ensaísta e crítico, Eduardo Pitta que, desde 1974, publicou dez livros de poesia, um romance, duas coletâneas de contos, quatro volumes de ensaio e crítica, duas recolhas de crónicas, dois diários de viagem e o livro de memórias Um Rapaz a Arder (2013).

Com curadoria de Carlos Vaz Marques, o ciclo de homenagem estende-se por seis dias, abrindo com um colóquio sobre poesia, a realizar na Biblioteca Nacional de Portugal, seguindo-se a inauguração de um mural público, dois debates temáticos, uma sessão memorialística, uma noite de música e poesia e, por último, mas não em último, o lançamento de um novo livro de Eduardo Pitta.

A programação assenta em quatro temas centrais à obra do homenageado: poesia, crítica literária, literatura LGBT e memórias do período colonial.

Além da Biblioteca Nacional de Portugal, o Alvalade Capital da Leitura vai passar por outros locais de referência na vida cultural da Freguesia, como a Galeria 111, o Museu de Lisboa – Palácio Pimenta, o Caleidoscópio e o Museu Bordalo Pinheiro. O Mercado de Alvalade acolherá uma das sessões.

Toda a programação será transmitida em streaming na página oficial de Facebook da Junta de Freguesia de Alvalade. A participação presencial em cada um dos momentos deve ser alvo de inscrição prévia através do email cultura@jf-alvalade.pt .




PROGRAMA OFICIAL

Segunda-feira, 31 de maio | 14:30 | Colóquio sobre poesia, na Biblioteca Nacional de Portugal, com Eduardo Pitta, António Carlos Cortez, Fernando Pinto do Amaral, Helga Moreira, Hugo Pinto Santos, Joana Matos Frias e Nuno Júdice.

Terça-feira, 1 de junho | 17:00 | Inauguração de mural público, na Rua Flores do Lima. Poema de Eduardo Pitta, mural de Vanessa Teodoro.

| 21:30 | Debate sobre crítica literária, no Mercado de Alvalade, com Eduardo Pitta, Helena Vasconcelos, Isabel Lucas, Manuel Frias Martins e Pedro Mexia. Moderação de Carlos Vaz Marques.

Quarta-feira, 2 de junho | 21:30 | Memórias coloniais, na Galeria 111, com Eduardo Pitta, Eugénio Lisboa, Isabela Figueiredo e José Gil. Moderação de Maria João Seixas.

Quinta-feira, 3 de junho | 21:00 | Exibição, no auditório do Caleidoscópio, do filme «The Untold Tales of Amistead Maupin», de Jennifer M. Kroot, seguido de debate sobre literatura LGBT, com Eduardo Pitta, Ana Luísa Amaral e Marinela Freitas. Moderação de Miguel Vale de Almeida.

Sexta-feira, 4 de junho | 21:30 | Noite de poesia e música, nos jardins do Museu Palácio Pimenta. Leitura, pela atriz Maria João Luís e pelo ator Manuel Wiborg, de poemas de Alberto de Lacerda, Fiama Hasse Pais Brandão, Herberto Helder, Jorge de Sena, Luiza Neto Jorge, Mário Cesariny, Reinaldo Ferreira, Rui Knopfli, Sophia de Mello Breyner Andresen e Eduardo Pitta.

Sábado, 5 de junho | 18:00 | Lançamento, no Museu Bordalo Pinheiro, de «Devastação», novo livro de contos de Eduardo Pitta, editado pela Dom Quixote. Teresa Sousa de Almeida apresenta e o ator Luís Lucas lerá um conto.

Ver Vídeo

 

Quer comentar a notícia que leu?