ARMANDO SOARES APRESENTOU O SEU PRIMEIRO LIVRO

O vereador da Câmara Municipal de Oeiras, Armando Soares, apresentou, na passada quinta-feira, dia 22 de junho, o seu primeiro livro, intitulado ‘Estados Ampliados de Consciência’. A apresentação da obra decorreu no Centro Cultural de Belém (CCB) e teve casa cheia.

Ao Olhar Oeiras, o autarca explica que esta obra surgiu do seu interesse pelos assuntos ligados à consciência. “Fui asmático desde os dois anos e meio, e tomei muita cortisona. Acabei por estar, várias vezes, entre a vida e a morte”, sustenta Armando Soares. Ao mesmo tempo, sublinha que este livro é “baseado em quase 500 artigos científicos” de diversas instituições de referência.

“Quando cheguei à idade adulta, fui-me preocupando com estes temas, mas lia muitas coisas que eram mentira. Então, avancei com uma investigação pessoal”, acrescenta o vereador da autarquia oeirense, ressalvando que a obra resulta de “uma investigação com mais de 10 anos” e conta ainda com o contributo de vários académicos que estudam esta área.

Por outro lado, com ‘Estados Ampliados de Consciência’, o autor pretende abordar “outras formas de atingir estes estados” e que podem ir além da medicina tradicional. Desta forma, Armando Soares apresenta alternativas como “as plantas, os psicadélicos ou a meditação”, entre outros. Ou seja, o que se pretende “é que o leitor faça uma reflexão e combata a ignorância”, sublinha o autor.

Este lembra ainda que, muitas das alternativas abordadas no livro são ilegais, mas têm benefícios comprovados, como serve de exemplo a Cannabis ou a Ayahuasca. “Nem tudo o que é legal faz bem e nem tudo o que é ilegal faz mal”, reforça Armando Soares. ‘Estados Ampliados de Consciência’ está dividido em 21 captítulos, estruturados de modo a que “cada um possa ler lido sozinho”.

Diluir a fronteira do que é legal e ilegal

Já o prefácio foi escrito por Mário Simões, médico psiquiatra e docente na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. Durante a apresentação da obra, o docente reforçou que esta obra pretende “despertar para os temas ligados à transcêndencia e consciência”. Na mesma intervenção, o especialista reforçou que algumas formas de alteração da consciência, tais como o álcool ou o tabaco são “mais bem vistas” na sociedade por serem legais, ao contrário da Cannabis, da LSD ou da MDMA.

“A CBD [canabidiol, substância encontrada na Cannabis e que é legal para uso farmacêutico] é tanto ou mais eficaz quanto mais THC [substância psicoativa presente na Cannabis, mas com uso ilegal]”, sustentou Mário Simões, reforçando que este livro pretende evidenciar os benefícios de várias substâncias, pondo de parte a fronteira do que é legal e do que não é. ‘Estados Ampliados de Consciência’ foi editado pela Zéfiro e está à venda no site da editora.

Centenas de pessoas na apresentação do livro

Por fim, a apresentação deste livro decorreu no CCB, onde estiveram presentes diversas figuras ilustres, tais como o ex-Primeiro Ministro Pedro Passos Coelho ou a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco. O lançamento contou com casa cheia, e foi “um dos lançamentos que mais encheram no CCB”, frisou Armando Soares.


Também Duarte Pacheco, deputado do PSD na Assembleia da República, Rui Gomes da Silva, ex-deputado e antigo vice-presidente do Benfica, foram outros dos convidados. Contudo, também estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, bem como outros autarcas do concelho, e ainda amigos e familiares de Armando Soares.

Ao Olhar Oeiras, Isaltino Morais referiu que é “uma alegria muito grande” em estar no lançamento da obra do seu amigo e colega de executivo, revelando que já teve oportunidade de “ler um pouco” do livro. “É um tema interessante e que escapa a muitos. O livro aborda assuntos pouco vulgares e acho que é importante divulgar estas terapias, que fazem bem às pessoas. É um livro que faz bem a qualquer pessoa”, acrescentou o edil.

Quer comentar a notícia que leu?