CÂMARA ABRE 4º CONCURSO DE RENDA ACESSÍVEL

0

Cento e sete (107) proprietários de imóveis candidataram-se ao programa Renda Segura da Câmara Municipal de Lisboa que as vai subarrendar, ao abrigo do programa Renda Acessível, a partir de 21 de dezembro.

A Câmara de Lisboa vai abrir o 4.ºconcurso para a Renda Acessível, a 21 de dezembro de 2020, com 50 apartamentos arrendados pela Câmara a proprietários privados no âmbito do programa Renda Segura.

Entretanto, a Câmara anunciou que já terminou a segunda consulta ao mercado de imóveis para o programa Renda Segura, da Câmara Municipal de Lisboa, que permite arrendar casas a proprietários privados, para subarrendar no regime de renda acessível com contratos nunca inferiores a 5 anos, prevendo

Segundo uma nota de imprensa da edilidade lisboeta, «registaram-se 107 candidaturas para arrendamento, 40 das quais provenientes do Alojamento Local», divididos pelas seguintes tipologias: 9 – T0; 37 – T1; 44 – T2; 24 – T3; 8 – T4; e 01 – T5.

A autarquia informa, ainda, que foram apresentadas candidaturas de imóveis em todas as zonas da cidade, com especial incidência no centro histórico, designadamente nas freguesias de Santa Maria Maior, Santo António e Penha de França.

As candidaturas ao Programa Renda Segura vão estar abertas durante todo o ano de 2021, a partir do dia 2 de janeiro, com as mesmas condições financeiras e a continuação do mesmo regime fiscal com isenção total de pagamento de IRS/IRC e IMI.





Os três primeiros concursos da Renda Acessível já garantiram 225 casas a jovens e famílias da classe média, com rendas nunca superiores a 30% do rendimento líquido dos candidatos.

Quer comentar a notícia que leu?