CDS DE ODIVELAS QUER PORTÁTEIS PARA TODOS

0

O reinício das aulas à distância dos ensinos básico e secundário preocupa o CDS de Odivelas que pede à Câmara que adquira e computadores para estudantes com dificuldades económicas e crie uma rede wireless gratuita

O reinício das aulas não presenciais na modalidade de ensino à distância nos Ensinos Básico e Secundário para as Escolas que tenham optado por três períodos lectivos (e não pela semestralização lectiva), esteve na base do pedida da Comissão Política Concelhia de Odivelas do CDS-PP à Câmara de Odivelas para implementar uma rede wireless gratuita em todo o território do Município de Odivelas e a aquisição de computadores portáteis ou tablets para as crianças ou jovens em idade escolar com vista à satisfação das necessidades das famílias em situação socioeconómica que impossibilite a aquisição desses equipamentos informáticos pelos seus próprios meios.

O CDS Odivelas recorda, em comunicado, que as aulas não presenciais na modalidade à distância para os referidos ciclos de estudo recomeçaram no dia 14 de abril, com o mesmo regime de avaliação das duas últimas semanas do segundo período lectivo, e que assim permanecerão até ao final do presente ano lectivo pelo menos para o Ensino Básico e para o 10º Ano de escolaridade.

Todavia – como também defende o CDS – «para os alunos do 11º e 12º anos, sempre a partir do final de abril, as aulas presenciais serão retomadas exclusivamente às 22 disciplinas cujas provas finais serão imprescindíveis para o acesso ao Ensino Superior, mantendo-se o ensino à distância para as restantes unidades curriculares».

Nesse sentido, o CDS Odivelas manifesta-se «preocupado com o regresso presencial dos alunos do 11º e 12º anos aos estabelecimentos de ensino de Odivelas, dadas as necessidades impreteríveis de cumprimento das normas de higienização, da aquisição urgente de equipamentos de proteção individual e do respeito pelas regras de distanciamento social previsivelmente mais rígidas que estarão nesse momento em vigor».

Por último, o CDS Odivelas lembra que esta sua proposta se encontrava já contemplada nas 25 medidas anteriormente apresentadas, «com vista a combater os efeitos do COVID-19 em Odivelas».






Escreva aqui o seu comentário...