DESCONVOCADA GREVE NOS SUPER E HIPER MERCADOS

0
Buyers hand on shopping cart in store shelves

A greve dos trabalhadores dos supermercados foi desconvocada. Afinal, sempre pode fazer, na véspera de Natal, as suas compras de última da hora.A Federação Portuguesa dos Sindicatos do Comércio, Escritórios e Serviços (FEPCES) desconvocou a greve marcada para a véspera de Natal nos hiper e supermercados e outros espaços de comércio moderno, refere o sindicato.

Na sua pagina da internet, o FEPCES avança: «Face à posição expressa, especialmente, das empresas que estão a comunicar aos trabalhadores que a proposta da Associação Patronal (APED) é retirada e à posição já expressa pela APED, em particular na reunião informal já realizada, o CESP/FEPCES retira o Pré-Aviso de Greve para 24 de Dezembro, na Grande Distribuição, na convicção que não vão para a frente as 12 horas/dia e as 60 horas por semana fixadas de véspera».

O sindicato acrescenta que «estão reunidas as condições para prosseguir as negociações» sobre a actualização dos salários e congratula-se com a «mobilização e organização» dos trabalhadores que considera terem sido «determinantes» para inviabilizar o modelo de «flexi-segurança à portuguesa», que pretendia aumentar as 40 horas de trabalho semanais para as 60 horas.

APED e FEPCES estão em desacordo quanto à proposta da associação de aumentar o número de horas semanais de trabalho flexível para o máximo previsto no actual Código de Trabalho, que possibilita acrescentar mais quatro horas às oito horas diárias, até a um máximo de 60 horas semanais.

Escreva aqui o seu comentário...