EQUIPAS DE HIGIENE URBANA AJUDAM A COMBATER COVID-19 EM CARNAXIDE E QUEIJAS

0

Várias equipas da limpeza urbana da União de Freguesias de Carnaxide e Queijas estão a realizar a desinfeção intensiva de todos os espaços públicos da freguesia para minimizar os riscos de contágio do Covid-19.
Desde os profissionais de saúde, passando pelos trabalhadores de distribuição e abastecimento alimentar, até às equipas de limpeza urbana das autarquias são todos «heróis» que nos ajudam a «alimentar a esperança» que esta pandemia vai passar rapidamente. Este é, de certa forma, o pensamento do presidente da União de Freguesias de Carnaxide e Queijas, Inigo Pereira, que lançou uma campanha de desinfeção e higienização do espaço publico da freguesia.
Inigo Pereira realça o «importante papel» dos homens e mulheres dos serviços de limpeza urbana das autarquias que estão a realizar ações de desinfestação em todos os espaços públicos, para combater o Covid-19.
O autarca salienta que todos trabalhadores da higiene urbana da União de Freguesias de Carnaxide e Queijas, em resposta ao surto pandémico do novo coronavírus, se «disponibilizaram, de imediato», para «uma operação alargada de desinfeção e higienização do espaço público de Carnaxide e Queijas»
Assim, desde o início da semana, as paragens de autocarros, ecopontos, papeleiras, passeios, pavimentos, viaturas de trabalho têm sido algumas das estruturas e equipamentos que estão a ser, para já, o alvo prioritário desta missão, levada a cabo pelas equipas de limpeza urbana da união de freguesias, que se encontram devidamente protegidos para executar a aplicação do produto virucida. Todas as localidades de Carnaxide, Queijas, Linda-a-Pastora, Portela, Outurela, Barronhos, Gandarela e Valejas estão a ser abrangidas por esta medida.
«Estaremos sempre prontos para cuidar de toda a população», afirma Inigo Pereira, presidente da União de Freguesias de Carnaxide e Queijas, realçando «o excelente trabalho e o esforço que todos os trabalhadores das equipas de limpeza urbana têm demonstrado nestes dias difíceis».