ERRO INFORMÁTICO ORIGINA CONCENTRAÇÃO DE PESSOAS NO CENTRO DE VACINAÇÃO DE CARNAXIDE

0

Hoje, o Centro de Vacinação anti-Covid em Carnaxide sofreu uma afluência anormal de utentes devido a um erro informático do Serviço Nacional de Saúde que notificou 400 utentes para a mesma hora. A Câmara de Oeiras foi obrigada a tomar, de imediato, uma série de medidas.

A concentração anormal de pessoas que hoje se verificou no Centro de Vacinação Carlos Queiroz, em Carnaxide, deveu-se a um erro informático do Serviço Nacional de Saúde (SNS) – responsável pela convocatória de munícipes para serem vacinados – que fez a marcação de 400 utentes para a mesma hora, provocando o atraso em todo o processo. Afirma a Câmara Municipal de Oeiras em comunicado, adiantando que o Município de Oeiras, assim que foi «alertado para a ocorrência, providenciou de imediato todo o apoio logístico necessário para minimizar o impacto para os utentes».

Segundo a autarquia, «em poucos minutos chegaram ao local mais elementos da Proteção Civil de Oeiras e outros voluntários para dar assistência aos idosos», tendo sido aberto um «novo espaço de espera com mais 200 cadeiras, toldos para os proteger do sol e distribuídos lanches».

O mesmo comunicado adianta que o presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais, se deslocou ao local para se inteirar da real situação e confirmar que «tudo estava a ser assegurado para o bem-estar dos utentes», salientando que o município de Oeiras «continua disponível para todo e qualquer apoio logístico ao Serviço Nacional de Saúde».

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here