ESTABELECIMENTOS ABERTOS EM ALMADA

0

A plataforma georreferenciada «Almada Estabelecimentos Comerciais» já está disponível à comunidade e vai permitir aos almadenses adquirirem bens essências com o mínimo de deslocações.
A declaração do estado de emergência e a proliferação dos casos de contágio de Covid-19, que origina «um maior recolhimento dos portugueses», levou a Câmara de Almada a criar uma plataforma digital georreferenciada «Almada Estabelecimentos Comerciais» (já disponível ao público) que permite aos almadenses saberem quais são as lojas de apoio à aquisição de bens essenciais em funcionamento e onde estão localizadas.
A autarquia da margem sul do Tejo, presidida por Inês de Medeiros, justifica esta medida com a necessidade de «conter a pandemia, salvar vidas e assegurar que as cadeias de abastecimento de bens e serviços essenciais continuam a ser garantidos».
Além de farmácias, supermercados ou bombas de combustível, nesta plataforma on-line é possível conhecer a localização de comércio de eletrodomésticos, equipamento informático e de comunicação (e respetiva reparação), tabacarias e venda de jornais, oculistas, estabelecimentos que garantam a confeção de refeições (com entrega ao domicílio ou take away), padarias, talhos, frutarias, entre outros.
Para melhor elucidar os utentes, a Câmara de Almada está a divulgar um vídeo explicativo e no qual é demonstrada a forma de utilizar esta plataforma, que – segundo a autarquia – «está em permanente atualização, sendo que os comerciantes interessados em integrar o diretório apenas têm de registar e localizar o seu estabelecimento através do preenchimento de formulário online».
Este formulário, de iniciativa da autarquia, visa recolher informação relativa aos estabelecimentos de comércio local em funcionamento no concelho, com vista à sua divulgação através de uma plataforma própria e dos canais de comunicação oficiais.
Vídeo explicativo