ESTORIL RECEBE QUARTA EDIÇÃO DO CHEFS ON FIRE

O evento ‘Chefs On Fire’, que ganhou o prémio de Acontecimento, em 2021, regressa à Fiartil, em frente ao Centro de Congressos do Estoril, nos dias 17 e 18 de setembro, sábado e domingo. Este é considerado o maior festival gastronómico do país e junta os melhores chefs, que são desafiados a cozinhar com fogo.

Nesta quarta edição do evento, os chefs, pela primeira vez, vão cozinhar em exclusivo um prato de uma das quatro categorias – carne, peixe, vegetariano ou sobremesa -, ao som da melhor música, apresentando ainda um número recorde de mulheres chefs no cartaz. O conceito do ‘Chefs on Fire’ é criar um ambiente descontraído e informal, semelhante a “estar em casa com amigos que ainda não se conhecem, das nódoas de vinho na camisa depois de um brinde animado, de falar com a boca cheia, de rir alto, de cheirar a fumo e de sujar as mãos com carvão”, explica a organização em nota de imprensa.

No entanto, este festival está neste momento em pré-produção internacional, o que significa que 2022 será o último ano do ‘Chefs on Fire’ exclusivo em Portugal. “Decidimos dar o próximo passo e expandir esta experiência, conhecer novos talentos e desafiar novos paladares. Depois de quatro edições de sucesso no nosso país, o festival está pronto para se aventurar além-fronteiras. A fase de incubação está terminada, temos de sair da nossa zona de conforto e deixar este projeto, que nos é tão querido, ganhar asas e voar”, conforme explica Gonçalo Castel-Branco, criador e produtor executivo do evento, citado na mesma nota.

Esta edição do ‘Chefs on Fire’ conta também com a participação de cozinheiros em ascensão, o que demonstra um “esforço consciente de incluir equipas que estão em crescimento, mas já com uma qualidade técnica incrível e que merecem ver o seu talento partilhado com o público, especialmente mulheres que, por força da indústria tendencialmente masculina, demoram mais tempo a chegar aos lugares que merecem”, acrescenta a organização.

No primeiro dia do evento, os chefs Alexandre Silva (Loco e FOGO); Vasco Coelho Santos (Euskalduna Studio); Rodrigo Castelo (Taberna Ó Balcão); Louise Bourrat (BouBou’s) e o chef Rising Star Pedro Forato (Mercearia do Prado), irão cozinhar pratos de carne. Já a confecção do peixe ficará a cargo dos cozinheiros João Oliveira (Vista); Lucas Azevedo (Praia no Parque); Kiko Carvalho (O Boteco – O Talho – A Cevicheria) e o chef em ascensão Nikita Polido (Celmar).

Os pratos vegetarianos serão feitos pelos chefs Nuno Castro (Fava Tonka); Bruno Caseiro (Cavalariça) e pela chef Rising Star, Alana Mostachio (VDB Bistronomie); e as sobremesas ficarão a cargo do chef Márcio Baltazar (Ocean) e da chef Rising Star, Juliana Penteado (Barü.Ba Pastry).





No dia seguinte, domingo, dia 18 de setembro, os chefs Henrique Sá Pessoa (Alma); Maurício Ghiglione (Belos Aires); Bruno Rocha (Bairro Alto Hotel); Hugo Brito (Boi-Cavalo) e a chef Rising Star Marcela Guirelli (Comida Independente) irão cozinhar pratos de carne. O peixe ficará a cargo de João Rodrigues (Feitoria); Noélia Jerónimo (Noélia e Jerónimo); Pedro Almeida (Midori) e do chef Rising Star, Tiago Penão (Kappo).

Os pratos vegetarianos serão feitos pelos chefs David Jesus (Seiva); Vítor Adão (Plano) e pela chef Rising Star Ana Leão (Musa); e as sobremesas pelo chef Carlos Fernandes (Azor Hotel) e da chef em ascensão, Leonor Sousa Bastos (Flagrante Delícia).

Pela primeira vez, e a acompanhar os cozinheiros, haverá uma nova secção do festival, os bites, que resultam de uma curadoria intensa dos melhores restaurantes do país, no último ano, e que são convidados a integrar esta programação e a recriar um prato icónico do seu menu, também preparado no fogo.

A edição de 2022 deste evento conta ainda com os concertos de Carolina Deslandes, David Fonseca, Bruno Pernadas e Luísa Sobral, que são alguns dos grandes nomes que vão fazer parte do cartaz musical. Ao mesmo tempo, o projeto “Pão com Coração”, apoiado pela Câmara Municipal de Cascais, vai estar presente no ‘Chefs on Fire’, com oito formandos, de faixas etárias entre os 16 e os 36 anos da CERCICA, que irão ter à venda, no evento, o pão confecionado por eles.

Contudo, também os mais pequenos são bem-vindos ao ‘Chefs on Fire’, uma vez que existirá um espaço onde eles são convidados a usufruir de experiências gastronómicas e a serem chefs por um dia, cozinhando hambúrgueres e fazendo espetadas de fruta.

Os bilhetes para o evento estão à venda nas plataformas habituais e, além do bilhete diário normal (que inclui 10 doses de comida, cinco bebidas e cinco concertos, por 95€), o festival lançou o meio passe diário (que inclui cinco doses de comida, duas bebidas e cinco concertos por 65€, e com a possibilidade de compra de doses ou bebidas extra), e ainda o bilhete de criança (com cinco doses de comida e duas bebidas sem álcool).

À entrada do recinto, o bilhete é trocado por uma pulseira digital que pode ser acedida através do telemóvel, de forma a consultar os consumos e efetuar carregamentos, promovendo também um evento 100% sem dinheiro físico. Ainda no âmbito do evento “Chefs on Fire”, será necessário proceder a alguns cortes do trânsito e reserva de estacionamento no local, para garantir a segurança do público e entidades participantes.

Desta forma, o trânsito será cortado na Av. Amaral entre as 07h00 do dia 15 de setembro, até às 20h00 de dia 19. Os desvios serão assinalados no local, estando assegurados corredores para circulação pedonal, de veículos de emergência e acesso a propriedade privada. Na mesma rua, e na Av. de Portugal, haverá, respetivamente, nove e 24 lugares de estacionamento reservados, entre as 07h00 do dia 13 de setembro, terça-feira, até às 18h00 do dia 19.

Quer comentar a notícia que leu?