EXECUTIVO DA CÂMARA DE CASCAIS APROVA ABERTURA DE TRÊS CONCURSOS PÚBLICOS INTERNACIONAIS

O executivo da Câmara de Cascais aprovou, esta terça-feira, dia 19 de Julho, a abertura de três concursos públicos internacionais. As propostas vão permitir a construção da Nova Secundária de Cascais e a Requalificação de Aeródromo de Tires, com a construção da nova Aerogare e do Quartel de Bombeiros neste espaço .

Estas três empreitadas representam um investimento global superior a 30 milhões de euros, e juntam-se à da construção da nova Torre de Controlo do Aeroporto de Tires, que já está a decorrer.

A primeira proposta foi aprovada por unanimidade e a segunda foi aprovada por maioria. De acordo com a autarquia cascalense, a obra da nova Escola Secundária de Cascais iniciar-se-á no final do primeiro trimestre 2023, em simultâneo com as atividades letivas, e decorrerá durante dois anos até que o edifício escolar esteja concluído.

Após esta primeira fase, seguir-se-á uma segunda, com cerca de ano e meio de duração, para demolição da escola existente, construção do pavilhão desportivo e arranjos exteriores que englobam o pinhal adjacente, o qual ficará disponível para usufruto da população.

Esta requalificação decorre em paralelo com o processo de recuperação de outras escolas: Fernando Lopes Graça, Parede, S.João do Estoril e Ibn Mucana, Alcabideche. A nova Escola Secundária de Cascais é uma ambição antiga no concelho, depois de cerca de cinco décadas em que o edifício se manteve a funcionar em instalações “provisórias”.

Já o concurso Público Internacional da Empreitada de Construção da Aerogare no Aeroporto de Cascais terá um preço base de 4.033.222,50€ e visa a reformulação das atuais infraestruturas de modo a permitir receber um maior número de ligações aéreas e todo o tráfego aéreo executivo em apoio ao aeroporto de Lisboa.


Para o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, este investimento “é absolutamente essencial”. A nova Aerogare irá garantir a qualidade técnica necessária ao serviço Aeronáutico prestado, respeitando todas as regras técnicas atualmente existentes.

Outro dos pontos discutidos nesta reunião, votado favoravelmente e também considerado essencial pelo presidente da autarquia, foi a abertura do procedimento para Construção do Quartel dos Bombeiros no Aeroporto de Cascais.

Com um preço base de 1.745.564,33 €, esta infraestrutura será essencial para resolver as inconformidades identificadas pela sua atual localização. O novo quartel dos bombeiros terá uma localização mais segura, com melhores condições de operação, cumprindo as regulamentações aeronáuticas exigidas na resposta a emergências.

Quer comentar a notícia que leu?