GRUPO JOAQUIM CHAVES ABRE CLÍNICA CIRÚRGICA EM CARCAVELOS

O Grupo Joaquim Chaves Saúde investe 15 milhões de euros numa nova aposta: a Clínica Cirúrgica de Carcavelos que, ontem, foi inaugurada em Carcavelos. O presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, considerou que «este investimento reforça, com grande qualidade, a capacidade dos cuidados de saúde no concelho, juntando-se ao investimento feito pela autarquia nesta área».

A primeira Clínica Cirúrgica da Joaquim Chaves Saúde já abriu em Carcavelos, Cascais, com um conceito totalmente inovador e de vanguarda, reforçando a preocupação do grupo em trabalhar continuamente, dia após dia, na oferta das melhores soluções de saúde.

Para o presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, que ontem esteve presente na inauguração desta nova unidade, «este investimento vem reforçar, com uma grande qualidade, a capacidade para prestar cuidados de saúde no concelho, juntando-se ao investimento feito pela autarquia nesta área, que é um pilar fundamental para a estratégia de desenvolvimento de Cascais», sublinhando que este grupo de distingue pelo conjunto de serviços especializados, aliados a tecnologia de ponta e uma equipa de profissionais altamente qualificada, que oferece.

O autarca aproveitou a cerimónia para lembrar que o grupo Joaquim Chaves Saúde esteve, deste a primeira hora, com a Câmara Municipal de Cascais no combate à pandemia, tendo apoiado autarquia na realização dos testes PCR (Polymerase Chain Reaction), tendo salientado que o investimento realizado, 15 milhões de euros, permitirá que «a frente de Carcavelos fique com um grande reforço na área da prestação de serviços de saúde», perfeitamente extraordinários.

Por seu turno, José Chaves, presidente do conselho de administração da Joaquim Chaves Saúde, após realizar uma breve resenha da vida e história do grupo fundado pelos seus pais, realçou: «Estamos orgulhosos de ter um novo espaço que permitirá aos nossos utentes usufruir de uma experiência impar, sempre com a confiança de que cuidaremos o melhor possível da sua saúde».

«Damos uma melhor resposta e a mais pessoas. Aquilo que nos motivou foi fazer melhor, poder atender melhor, com tecnologia mais diferenciada, com instalações mais modernas e esse objetivo foi cumprido», refere José Chaves, revelando que está prevista a expansão, num futuro breve, das instalações agora inauguradas.





Projeto que Carlos Carreiras aceitou de bom grado, até porque «a área de prestação de serviços de saúde é um pilar fundamental da estratégia da autarquia», lembrando que, na proximidade, vai «nascer a nova Medical School, cujas obras começam no dia 1 de abril, e que vai ter associada uma escola de pós-graduação, a AHED – Advanced Society and Human Haelth and Well Being».

Segundo informou Carlos Carreiras, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa vai construir um novo hospital ortopédico em Carcavelos, o que aumentará a frente de serviços na área de saúde ao Hospital de Sant’ana, na Parede. Por outro lado, também nas imediações, o hotel Hilton pretende construir uma unidade hoteleira, em concordância com a Medical School e a AHED, que irá acolher doentes de outros países «que vem cá receber tratamentos», promovendo-se, desta forma, o turismo de saúde.

Mais valências médicas

Já para Luís Lebre, Diretor Clínico da Joaquim Chaves Saúde, este «novo polo de saúde, moderno e dinâmico, já estava no horizonte do grupo», salientando que «a remodelação levada a cabo fez com que mantivessem e fossem renovadas todas as áreas clínicas já existentes: gastrenterologia, endocrinologia, imagiologia, análises clínicas, medicina dentária, pediatria, oftalmologia, ortopedia, entre outras», o que permite fazer cirurgias, em ambulatório ou de internamento curto, em especialidades como ortopedia, cirurgia vascular, geral, otorrino ou oftalmologia.

Além de todas as valências de que dispunha, a clínica oferece agora a realização de cirurgias com períodos de internamento reduzidos, menos complexas e que não necessitam de cuidados intensivos, como operações às cataratas, vitrectomias, cirurgias para a remoção de hérnia, para colocação de próteses, entre outras, com destaque para a Latarjet.

Este é um método que torna a Clínica Cirúrgica de Carcavelos um dos poucos locais em Portugal a realizar este procedimento inovador e minimamente invasivo, realizado através de artroscopia, permitindo uma recuperação muito mais rápida, e que está indicado para o tratamento da luxação recidivante do ombro, em pacientes que sofreram este tipo de lesão de forma recorrente, tendo causado um desgaste no osso glenoide.

Fazem ainda parte das valências cirúrgicas a cirurgia percutânea do pé, realizada no nosso país em poucas unidades, uma intervenção minimamente invasiva que, através de pequenas incisões, permite corrigir deformidades nos pés; a cirurgia da mama, seja de remoção de tumor, biópsia do gânglio sentinela ou reconstrução mamária.

Humanização dos cuidados

«A segurança do cliente é a nossa principal preocupação, uma condição inegociável para a Joaquim Chaves, que motivou as melhorias feitas não só ao nível das instalações, mas também de equipamentos», refere, por seu lado, Nuno Lourenço, Diretor Clínico da Clínica Cirúrgica de Carcavelos.

«Não podíamos esquecer também o conforto, ao qual se associa ainda a humanização dos cuidados. Para a Joaquim Chaves, é essencial que o cliente tenha um atendimento diferenciado, num momento no qual está, certamente, mais fragilizado. Por isso, o Grupo aposta na constante formação dos colaboradores e sensibiliza-os para o facto de que cada cliente tem necessidades específicas», acrescenta.

A Clínica Cirúrgica de Carcavelos é um espaço que, a partir de agora, dispõe de um bloco cirúrgico, onde é clara a forte aposta na tecnologia, e ainda um bloco de internamento, com 14 quartos individuais que oferecem a segurança, qualidade e conforto necessários no pós-operatório, alguns não só com vista de mar, mas com varandas, para uma recuperação que se deseja completa.

Como referiu José Chaves, com mais de 6 décadas de existência, a Joaquim Chaves Saúde tem uma posição consolidada e de reconhecido relevo no domínio da medicina em Portugal, sendo um dos importantes protagonistas na prestação de cuidados de saúde no nosso país, disponibilizam inúmeros serviços através dos seus Laboratórios de Análises Clínicas, Genética e Anatomia Patológica, Clínicas Médicas, Clínicas de Radioncologia e Health Clubs, localizados em Portugal Continental, Açores, Madeira e Moçambique.

Do investimento na unidade destacam-se 120 mil euros para a substituição de todo o equipamento intensificador de imagem utilizado no tratamento da varicocele por laser; 200 mil euros em novos microscópios para o bloco operatório de neurologia e oftalmologia, que garantem, assim, maior segurança para os doentes; novos ventiladores para o bloco operatório e internamento e uma nova central de esterilização.

Quer comentar a notícia que leu?